Site pró-Bitcoin Cash lidera resultados de pesquisa para o termo “Bitcoin” no Google

Siga no

O site de Roger Ver, criador do Bitcoin Cash, agora lidera as pesquisas no Google para o termo “bitcoin,” e o website criado por Satoshi Nakamoto, criador da moeda digital, agora em sexto lugar.

Para o Cobra Bitcoin, um dos donos que mantêm vivo o website criado por Satoshi, Bitcoin.org, que serviu até aos dias de hoje como uma entrada para o mundo das criptomoedas para muitos pela sua liderança no termo de pesquisa o site de Roger Ver não passa de um golpe.

O site de Roger Ver, Bitcoin.com, foi criado originalmente para promover também o Bitcoin (BTC) mas quando a criptomoeda chegou ao seu limite de capacidade de processamento de transações, Roger Ver defendeu que aumentar o tamanho dos blocos do Bitcoin era uma solução necessária.

Outros na comunidade defenderam que simplesmente aumentar o tamanho dos blocos ia fazer com que fosse mais caro operar um servidor (node) na rede da criptomoeda, pondo em risco a descentralização da mesma.

Isto levou a um longo debate sobre o futuro do Bitcoin, que em Agosto de 2017 culminou com um hard fork à rede que criou o Bitcoin Cash (BCH) – isto depois de alegações de censura, táticas desleais, e corrupção.

O site do Roger Ver é controverso pois em várias ocasiões chegou a promover o Bitcoin Cash enquanto “Bitcoin,” apelidando o BTC de “Bitcoin Core.” Estar em primeiro lugar para o termo “bitcoin” significa que o empresário pode fazer com que muitos dos que procuram comprar BTC acabem por comprar BCH por engano.

Alterações no Google

Por trás da alteração no posicionamento de ambos os websites parecem estar alterações no algoritmo do Google. A empresa admite estar sempre alterando o mesmo para mostrar aos seus usuários os resultados que considera mais relevantes.

A alteração terá ocorrido na mesma altura em que o YouTube, plataforma que pertence ao Google, começou a remover vídeos sobre criptomoedas alegando que estes são “nocivos ou perigosos.” O YouTube já reagiu a esta polêmica, dizendo que cometeu um erro ao excluir os vídeos.

Segundo Cobra, as alterações do Google poderão ter sido feitas a favor de websites que são atualizados mais frequentemente com novos conteúdos. O Bitcoin.com gere uma secção de notícias, algo que o Bitcoin.org não consegue fazer por ser gerido sem fins lucrativos.

À frente do website criado por Satoshi estão outros como o CoinDesk, Investopedia, e Coinbase.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Francisco Memoria
Francisco juntou-se à comunidade crypto em 2016, altura em que começou a escrever para várias publicações na área, incluindo Bitcoin.com, CCN, e The Merkle, entre outras. Apoia o libertarismo, e é grande fã e tecnologia.
Youtuber Felipe Neto

Criptomoeda com “potencial imenso” que Felipe Neto investiu derrete 53%

Uma criptomoeda que o youtuber Felipe Neto investiu derreteu 53% e chamou a atenção de um analista da bolsa de valores brasileira. O projeto em...
Alibaba Bitcoin

Alibaba proíbe venda de equipamentos de mineração de bitcoin

A proibição do Bitcoin na China começa a afetar outros setores da indústria. Desta vez a gigante Alibaba, 9ª maior empresa do mundo por...
Fachada de agência do Banco do Brasil

Tokecardume ou Bitemoeda? – Vejas as questões sobre criptomoedas do concurso do Banco do...

No último domingo (26), o concurso do Banco do Brasil foi aplicado em diversas cidades do Brasil, com várias questões sendo vistas sobre Bitcoin...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias