Situação da Rússia ressalta necessidade de ação sobre criptomoedas, diz presidente do Fed

Jerome Powell, presidente do Fed, mostrou-se preocupado sobre como as criptomoedas podem ajudar os russos a driblarem tais sanções, como pode ser notado em sua fala desta quarta-feira (2).

Jerome Powell, presidente do Federal Reserve dos EUA. Fonte: YouTube/Reprodução
Jerome Powell, presidente do Federal Reserve dos EUA. Fonte: YouTube/Reprodução

Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, declarou nesta quarta-feira (2) que a situação atual da Rússia ressalta a necessidade de tomar uma ação em relação as criptomoedas e outros meios de finanças digitais.

Seu depoimento acontece após muitos especularem que russos poderiam usar, ou já estar usando, criptomoedas como o Bitcoin para evitar sanções, bem como para proteger seu capital conforme o preço do rublo russo despenca.

Além de criptomoedas, Powell também falou sobre a CBDC dos EUA, apontando que o Fed lançou um relatório sobre o dólar digital no começo deste ano. Entretanto, sua posição ainda é a mesma conforme não enxerga benefícios maiores que os riscos da criação de uma moeda digital.

Conflito Rússia-Ucrânia deu voz ao Bitcoin

Embora nenhum país tenha atacado a Rússia em resposta a sua invasão à Ucrânia, diversas sanções financeiras estão sendo tomadas para enfraquecer o país comandado por Vladimir Putin. Com isso, o Bitcoin vem ganhando espaço por ser uma moeda global e incensurável.

Desta forma, Jerome Powell, presidente do Fed, mostrou-se preocupado sobre como as criptomoedas podem ajudar os russos a driblarem tais sanções, como pode ser notado em sua fala desta quarta-feira (2).

“Isso ressalta a necessidade de uma ação do Congresso sobre finanças digitais, incluindo criptomoedas, nós temos essa indústria florescente com muitas partes e não temos o tipo de estrutura regulatória que precisa existir”

Para o bem ou para o mal, criptomoedas verdadeiramente descentralizadas, como o Bitcoin, não podem ser paradas. Entretanto, vale notar que o governo tem controle sobre empresas registradas em seu país, como no caso de exchanges.

Seguindo, Powell explica ser necessário a criação de uma nova estrutura pensada no combate ao seu uso por criminosos, citando desde evasão fiscal até terrorismo.

“O que é necessário é uma estrutura e, em particular, maneiras de impedir que essas criptomoedas [sem uma instituição por trás] sirvam como um veículo para financiar terroristas, comportamento criminal em geral, evasão fiscal e coisas do gênero. Então acredito que é o que eu diria lá… Eu realmente não sei até que ponto [o uso de criptomoedas por russos] seja real, embora seja possível ouvir e ler sobre isso nos jornais”, declarou Jerome Powell, presidente do Federal Reserve

Criação do dólar digital

Ao ser questionado se uma CBDC — sigla para Moeda Digital de Banco Central — seria útil em momentos como este, Powell respondeu que ainda não está certo se os benefícios seriam maiores que os riscos.

Desta forma, afirmou que o Fed liberou um estudo sobre a possível criação do dólar digital, a CBDC dos EUA, para obter opiniões do público. Finalizando, explicou que o Fed investirá tempo e dinheiro para tomar uma decisão apropriada.

As falas de Powell estão disponíveis no vídeo abaixo, publicado no YouTube pela CNBC.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias