Inicio Bitcoin Startup lança primeiro MarketPlace de Bitcoins da América Latina

Startup lança primeiro MarketPlace de Bitcoins da América Latina

A plataforma se conecta automaticamente em várias exchanges, nacionais e internacionais, e promete encontrar os melhores preços para compra e venda de Bitcoins

-

Compartilhe
Bitpreço

Após o “boom” do Bitcoin ocorrido no final de 2017, chegando a impressionantes R$ 68.000,00 a unidade, milhares de pessoas começaram a se aventurar no novo mundo das criptomoedas. Para se ter uma ideia, em um único dia registrou-se 250 mil novos cadastros de usuários em uma exchange (plataforma online para compra e venda de criptomoedas).

Consequentemente, surgiram várias novas corretoras para suprir tamanha demanda de novos usuários. Na briga pelo mercado, estas exchanges passaram a trazer vários benefícios, entre eles uma forte redução nas taxas e comissões cobradas dos clientes.

Com tantas corretoras no mercado, atualmente é muito difícil para o usuário encontrar o melhor preço. Os valores variam muito de uma exchange para outra e ainda é necessário calcular todas as taxas pra saber realmente o quanto você está pagando.

Mas quando você decide onde comprar, às vezes ainda é necessário abrir uma conta na corretora, validar vários documentos, aguardar os depósitos e, depois de tudo isso, torcer para que aquele preço ainda esteja lá.

- Publicidade -

Pensando nisso, uma startup brasileira resolveu aproveitar o cenário e, ao invés de competir com as exchanges, decidiu juntar todas em um só lugar.

A ideia foi conectar várias corretoras numa só plataforma, como um Market Place, permitindo que o usuário encontre o melhor preço e possa comprar em diferentes lugares com apenas um cadastro.

Exemplo do orderbook. Imagem: Reprodução

A plataforma promete ainda conseguir alguns descontos exclusivos, negociados diretamente com as corretoras e repassados para os clientes. “É uma forma de aumentar o volume de negociações das pequenas e médias corretoras, por isso elas disponibilizam taxas promocionais pra gente”, comenta um dos idealizadores do site.

Os fundadores afirmam também que isso pode gerar uma economia de até 2% ao usuário, algo que é muito significativo, considerando que quem negocia essas moedas chega a fazer isso várias vezes por dia.

A startup, com nome BitPreco.com, já está operando. Atualmente está conectada a 7 corretoras e tem planos de aumentar este número para 20, nos próximos meses.

XDEX: Negocie bitcoin com TAXA ZERO. Aproveite também para negociar outras 6 criptomoedas com as menores taxas do mercado. Abra sua conta, é grátis!
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

“Dinheiro não existe”: justiça orienta vítimas a sacarem tudo da Unick Forex

A Unick Forex está sendo investigada pela justiça brasileira. Após uma filial do escritório da empresa ser fechado no interior do Rio Grande do...

Banco Central do Brasil quer dominar a tecnologia blockchain

A tecnologia blockchain foi citada pelo presidente do Banco Central do Brasil, como algo que deverá ser dominado pela economia. Através de uma audiência...

Plubr: Rede Social brasileira baseada em blockchain vai ‘pagar’ usuários por tempo de navegação

A Plubr é a mais nova rede social do Brasil que busca criar uma plataforma completamente monetizada. Com a apresentação do projeto da empresa,...
 
Compartilhe