STF oferece curso gratuito de blockchain e inteligência artificial

Braço de educação da suprema corte brasileira já explica o que é a tecnologia base das criptomoedas.

O Supremo Tribunal Federal (STF) está oferecendo um curso de inteligência artificial gratuito, com tópico de blockchain aos interessados. No Brasil, o órgão de cúpula do judiciário tem como principal papel a garantia da constituição federal.

Como parte de sua atuação no judiciário, o Supremo busca se aproximar da população com seu braço educacional, o STF Educa.

Na plataforma, os alunos podem se inscrever em cursos gratuitos colocados à disposição da sociedade, com o objetivo de democratizar o acesso a temas jurídicos.

Além disso, as oportunidades de capacitação continuada oferece para os alunos o conhecimento em diversas áreas. Todos os cursos são realizados de forma autoinstrucional, sem apoio de tutor e com certificados de participação após a conclusão.

STF oferece curso com tópico de blockchain

O curso “Aplicação da inteligência artificial ao Direito”, promovido pelo STF desde 2021, entrou nos últimos dias em sua turma para o ano de 2022.

Dessa forma, todos os interessados em aprender sobre o tema de IA ligada ao direito brasileiro, pode fazer um curso rápido e gratuito, com certificado expedido ao final pelo Supremo Tribunal Federal.

Durante o curso, os alunos poderão entender os fundamentos da IA e como ela vem crescendo em seu uso no judiciário brasileiro.

E um dos pontos do curso do STF apresenta os desafios conexos da tecnologia, dos quais a tecnologia blockchain surge como uma das opções.

No material criado por Gustavo Mascarenhas Lacerda Pedrina, Assessor do STF, ele destaca que a blockchain pode garantir que a Inteligência Artificial processe dados confiáveis, o que poderia melhorar o valor e veracidade da informação.

Para se inscrever gratuitamente neste curso, que não permite o acesso de visitantes, os interessados devem ir até o site do STF Educa.

Em junho de 2022, vale lembrar, que o Ministro e Presidente do STF, Luiz Fux elogiou a criação de uma solução com blockchain que tem ajudado muito o judiciário em sua agenda digital.

STF tem julgado casos ligados às criptomoedas

A tecnologia blockchain apresentada no curso do STF é ligada às criptomoedas, essas que são moedas digitais que processam transações de forma descentralizadas pela internet.

E em alguns casos no passado, o STF já foi chamado a decidir situações envolvendo disputas de criptomoedas.

Um caso curioso que parou no tribunal foi o pedido de um habeas corpus de um sócio do “Faraó dos Bitcoins”, que ao ser julgado pelo Ministro Gilmar Mendes, acabou sendo negado.

💰 $100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias