Surto de Coronavírus aumenta disseminação de malware

Vários modelos de vírus para se preocupar!

Siga no
Alta de casos do Coronavírus
Alta de casos do Coronavírus

De acordo com a empresa de segurança Kaspersky, o surto do Coronavírus aumentou a disseminação de malware. Hackers têm se aproveitado da fama momentânea do vírus para disseminar pragas virtuais.

A melhor forma de se prevenir é evitar links suspeitos que tenham relação com o novo vírus mundial. Além disso, baixar arquivos de “instruções para se prevenir contra o Coronavírus” levam a sérios problemas.

A equipe de segurança da Kaspersky alertou que as pessoas mostram interesse pelo tema, de forma que abrem espaço para invasões digitais. Essa curiosidade pode colocar em risco a segurança digital das pessoas que não se atentam para os riscos da internet.

Surto de Coronavírus aumenta a disseminação de malware, vírus virtuais

O surto de Coronavírus já é considerado uma ameaça mundial, que continua a ameaçar os países. No Brasil, por exemplo, já são 14 casos suspeitos até a última segunda (3), segundo informações do Ministério da Saúde. A taxa de contaminação deste vírus é alta, sendo o uso de máscaras cada vez mais comum nos principais países afetados.

Ao passo que a taxa de infecção por Coronavírus aumenta, o ataque malware na internet segue esta tendência. De acordo com a Kaspersky, a taxa de disseminação de malwares relacionados com o vírus mortal tem aumentado.

A equipe de segurança afirmou que pelo menos dez malwares já foram criados, tendo relação com o Coronavírus. Essa é uma prática comum utilizada por hackers, que verificam temas em alta e buscam explorar falhas de segurança digital. A análise é de Anton Ivanov, que é analista de malware na Kaspersky.

Até agora vimos apenas 10 malware exclusivos usando o tema do coronavírus. Como golpes usando temas populares na mídia são comuns, acreditamos que esses ataques só tendem a aumentar conforme as infecções e repercussão sobre o surto crescem

A Karpersky alertou que as pessoas devem evitar links suspeitos, além de arquivos de fontes pouco confiáveis. Arquivos com extensões “.exe” ou “.lnk”, que tenham relação com Coronavírus, também devem ser considerados suspeitos.

Em 2019, aumentou a diversidade de vírus criados

Certamente a criação de malware relacionado com o surto de coronavírus não é um caso isolado. A Kaspersky já havia soltado um relatório apontando que em 2019, aumentou a diversidade de vírus criados na internet.

Ou seja, a novidade relacionada com o Coronavírus é mais um truque aplicado, em contraste com um cenário já bastante explorado no último ano. A empresa de segurança afirmou que houve um aumento de 14% na taxa de criação de novos vírus.

Uma boa notícia para quem acompanha o criptomercado é que os malwares que mineram criptomoedas tiveram um recuo. A Kaspersky citou que houve queda de 60% na taxa de infecção de programas mal-intencionados que pretendiam gerar criptomoedas com o computador das vítimas.

Mesmo assim, o maior problema, que registrou 85% de aumento, foi em URLs maliciosas. Dessa forma, a empresa afirma que as pessoas devem prestar atenção em links suspeitos recebidos e anúncios online estranhos. A melhor forma de se prevenir contra estes vírus é o cuidado redobrado, tanto para malware quanto para o Coronavírus.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Banco Central dos EUA sai do ar poucos dias depois de secretária do tesouro...

O banco central dos EUA sofreu um grande crash em seus sistemas nesta quarta-feira (24) e várias pessoas não conseguiram realizar transferências eletrônicas. O...
Cotação e preço gráfico do Bitcoin no Brasil Dólar

100 bitcoins da “era de Satoshi” são movimentados pela primeira vez em 10 anos

As grandes movimentações de Bitcoin na blockchain são sempre importantes de serem observadas, principalmente quando envolve moedas dos primeiros anos. Na tarde desta quarta-feira...

Bitcoin, altcoins e tokens ganham código próprio no IRPF2021

Olá Bitcoiners! Chegou aquela época do ano à qual temos que passar de qualquer forma, momento de dor para alguns, mas também de alívio para...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

100 bitcoins da “era de Satoshi” são movimentados pela primeira vez em 10 anos

As grandes movimentações de Bitcoin na blockchain são sempre importantes de serem observadas, principalmente quando envolve moedas dos primeiros anos. Na tarde desta quarta-feira...

Bitcoin, altcoins e tokens ganham código próprio no IRPF2021

Olá Bitcoiners! Chegou aquela época do ano à qual temos que passar de qualquer forma, momento de dor para alguns, mas também de alívio para...

Elon Musk pode levar Dogecoin à Lua, literalmente

Elon Musk, um dos homens mais ricos do mundo, tem muita criatividade e dinheiro sobrando, algo que geralmente acaba em ideias malucas. Em um...

Elite do bitcoin gasta fortunas para comprar memes colecionáveis

Os tokens não-fungíveis, também chamados de NFT, são conhecidos no mercado de criptomoedas desde 2017, quando surgiram os CryptoKitties. A febre foi tão grande...

Governantes estão assustados com o Bitcoin, diz Robert Kiyosaki

Em várias publicações pelo Twitter nos últimos dias, Robert Kiyosaki defendeu o Bitcoin como um ativo seguro. Segundo ele, os novos ataques dirigidos por...