Teresina usará tecnologia Blockchain no transporte público

Siga no

A realidade da tecnologia Blockchain está sendo aplicada aqui no Brasil. A tecnologia que é um banco de dados global distribuído capaz de rodar em milhões de dispositivos vem ganhando destaque no trânsito e na mobilidade urbana.

Ela tem se tornado pauta frequente em segmentos, tendo destaque no meio da logística fornecida pelo transporte público, visto que representa algumas possibilidades quando se trata de melhorar o trânsito urbano e suas manifestações físicas e digitais.

Blockchain no transporte público

Sabemos que qualquer ajuda e melhoria é sempre bem-vinda na área de transporte público, que é um local onde há espaço para melhorias a curto prazo, e que pode ser favorecido com à tecnologia Blockchain.

As sociedades estão caminhando para a eficiência e sustentabilidade, o que significa abraçar o transporte público, e existem várias maneiras pelas quais a tecnologia Blockchain ajudará na disseminação do transporte público.

Ela poderá proteger frotas de bicicletas alugadas, ajudar a coordenar o compartilhamento de caronas, assim contribuindo para a melhoria desses serviços.

Exemplo no Brasil

E o Brasil foi um dos pioneiros do uso da tecnologia Blockchain no transporte público! É que Teresina, capital do Piauí aplicará a tecnologia na gestão dos transportes públicos do município. O projeto inovador é denominado “Mobility Observatory: blockchain para a co-gestão de transporte público”.

O objetivo é aumentar a transparência, ou seja, armazenando registros como pedidos, transações, relatórios de viagens e ordens de serviço na Blockchain, todos totalmente acessíveis ao público.

Os dados serão permanentemente armazenados no Blockchain e não podem ser alterados ou modificados sem que as alterações sejam rastreadas.

Como será utilizada?

Está sendo desenvolvido pelo Município de Teresina através da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan) e da Agenda 2030.

Possui parceria com a Autoridade Municipal de Transporte e Trânsito e a Organização dos Estados (OEA), por meio de sua Escola Aberta Governo e a Fundação Hyperledger.

O projeto recebeu um investimento de 300.000 € de vários programas de financiamento, incluindo a União Europeia.

Dessa forma, os dados armazenados na Blockchain permaneceriam permanentemente concedendo alta transparência para facilitar o acesso ao público, como informações referentes ao transporte coletivo urbano.

Portanto, ordens de trabalho, relatórios das viagens e registros similares estarão armazenados nesta cadeia virtual, o que também contribuirá para o desenvolvimento da cidade. Maior transparência e eficácia do transporte público!

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Angelica Weise
Angélica Weise é jornalista formada pela Unisc, com mestrado pela UFSM. Escreve sobre os mais diversos assuntos, e claro, sobre criptomoedas. E-mail: angelicaweise@hotmail.com Angélica Weise é jornalista e escritora. Nasceu em Agudo (RS), mora na cidade gaúcha de Santa Cruz do Sul (RS), em 23 de abril de 1989. Formou-se em Jornalismo em 2012 na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC/RS. Fez intercâmbio na Itália e uma especialização em Mídias na Educação na Fundação Universidade Federal, FURGH/RS; além de se preparar para seleção de mestrado em 2014. Começou a trajetória no jornalismo em 2013. Trabalha como jornalista freelancer independente e escreve para os diversos mídias, entre elas, internet (portais e sites) e revistas, sobre sustentabilidade, vida saudável, literatura., Bitcoin e blockchain. Em 2013 lançou o primeiro livro pela editora Multifoco: Jornalismo Literário: uma análise das reportagens de José Hamilton Ribeiro publicadas na Revista Realidade. O livro é fonte de pesquisa para estudantes, pesquisadores e jornalistas.
Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil sobre criptomoedas e Bitcoin

Auditor da Receita Federal diz que volume de Bitcoin no Brasil dobrou em um...

O auditor fiscal da Receita Federal do Brasil Jonathan José Formiga de Oliveira disse que o volume de Bitcoin no Brasil apurado mensalmente, dobrou em...
Hacker e Bitcoin

Protocolo DeFi sofre ataque hacker e perde R$720 milhões

O protocolo de finanças descentralizadas Cream Finance sofreu um ataque que drenou 720 milhões de reais em tokens através de um ataque que utilizou...
Foto da Fachada da Prefeitura de Niterói

Niterói observa tecnologia blockchain, prestes a criar moeda digital

A cidade de Niterói é uma das que observa o potencial da tecnologia blockchain de perto, período em que também avalia criar uma moeda...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias