Tesla libera opção de pagamento com Bitcoin

O Bitcoin pago à Tesla será mantido como Bitcoin, não convertido em moeda fiduciária.

Siga no

A partir desta quarta-feira (24), quem quiser usar Bitcoin para comprar um carro da Tesla já poderá fazer por meio do site oficial da montadora. O anúncio foi feito pelo próprio Elon Musk, CEO da empresa.

Em fevereiro, conforme publicou o Livecoins com exclusividade, uma página de teste da Tesla com uma opção de pagamento em Bitcoin foi descoberta.

Na tela, que pode ser vista abaixo, a Tesla usava a plataforma BTCPay, um software de código aberto e auto-hospedado que se destaca principalmente por não ter nenhum intermediário e não converter o valor para moeda fiduciária.

BTCPAY TeslaAo que tudo indica, depois de testar a platforma, Elon Musk decidiu que ela era a melhor opção. O curioso é que o bilionário também decidiu que o valor em Bitcoin recebido pela empresa não será convertido em moeda fiduciária.

A opção já está disponível como forma de pagamento para todos os modelos de veículos elétricos da empresa.

“Agora você pode comprar um Tesla com Bitcoin”, tuítou Musk, acrescentando:

“A Tesla está usando um software interno de código aberto e opera nós de Bitcoin diretamente. O Bitcoin pago à Tesla será retido como Bitcoin, não convertido em moeda fiduciária”, twittou Elon Musk.

A afirmação de Musk revela que a empresa tem intenção de acumular cada vez mais bitcoins, ao invés de simplesmente vende-los.

Preço do Bitcoin sobe com notícia

O mercado já esperava que a Tesla aceitasse Bitcoin, já que a empresa fez o anúncio no início de fevereiro, ao mesmo tempo que revelou ter investido US $ 1.5 bilhão na moeda digital.

O Bitcoin saltou 3,84% nas últimas 24 horas, chegando a ser negociado por US $ 56,641.

A Tesla é a primeira montadora do mundo a aceitar a criptomoeda como forma de pagamento e pode abrir caminho para que diversas outras empresas sigam seus passos.

Além da Tesla, diversas outras instituições estão testando como aceitar a moeda digital. Durante vários anos algumas empresas não quiseram aceitar o ativo porque não sabiam lidar com a volatilidade.

Musk, porém, parece ter achado a solução, que é manter a moeda digital, ao invés de converte-la para moeda fiduciária.

Apesar disso, da mesma forma que Musk – agora um “bitcoiner” – não quer vender seus bitcoins por dólares, outros bitcoiners também podem não querer gastar seus bitcoins em troca de um Tesla.

Resta saber quantos carros a Tesla vai vender em sua primeira semana aceitando Bitcoin, e , portanto, quantas pessoas estão dispostas a trocar bitcoins por um carro elétrico.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Deputado Estadual Gustavo Gouveia, em Pernambuco regular criptomoedas

Mais um estado brasileiro quer regular as criptomoedas com Projeto de Lei

Após um PL ser apresentado na Paraíba, mais um estado brasileiro quer regular as empresas de criptomoedas para prestar informações. Nos últimos dias, a Assembleia...
Jack Dorsey, CEO do Twitter e fã do Bitcoin

Empresa de CEO do Twitter quer minerar Bitcoin

A Square, empresa de Jack Dorsey listada na NYSE, quer minerar Bitcoin como estratégia de negócio. A informação foi compartilhada por Dorsey em seu Twitter,...
Pedro-Bial-Hashdex

Pedro Bial testemunha o poder transformador das criptomoedas em campanha da Hashdex

A Hashdex surgiu para democratizar os investimentos em criptomoedas, oferecendo produtos seguros e regulados para todos os investidores. Atuando como ponte entre o mercado...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias