Fundador do MySpace diz que está investindo em Bitcoin

Ele foi o primeiro amigo de todo mundo no MySpace, e a foto dele sorrindo com uma camiseta branca se tornou uma das imagens mais reconhecíveis da web.

Siga no
Tom Anderson Bitcoin. Imagem. Reprodução Twitter
Tom Anderson Bitcoin. Imagem. Reprodução Twitter

Tom Anderson, o fundador do MySpace, disse na manhã desta segunda (17) que está comprando Bitcoin. O empresário que criou uma das redes sociais mais populares do mundo afirmou que está aproveitando a queda para investir na criptomoeda.

Além de revelar que está comprando o ativo digital, Tom publicou uma foto com olhos a laser, uma tendência que muitos fãs do Bitcoin têm aderido.

O Bitcoin caiu mais de 15% após Elon Musk começar a criticar o ativo digital no Twitter. Isso fez vários investidores ficarem com raiva do bilionário, no entanto, alguns estão vendo uma oportunidade para comprar a moeda digital por um preço mais barato.

Antes de compartilhar a foto e dizer que está comprando Bitcoin, Tom teve algumas interações relacionadas com criptomoedas com membros famosos do mercado. O californiano de 50 anos não é muito ativo em redes sociais.

MySpace

O MySpace foi um dos sites que definiu as redes sociais nos anos 2000. Em seu pico, teve mais de 200 milhões de usuários e foi avaliado em cerca de US $ 12 bilhões.

Embora o MySpace tenha perdido mercado e não seja mais popular entre as pessoas, qualquer um que usava a rede social naquela época pode se lembrar de Tom Anderson.

Ele foi o primeiro amigo de todo mundo no site, e a foto dele sorrindo com uma camiseta branca se tornou uma das imagens mais reconhecíveis da web.

Tom criou o MySpace no ano 2000 junto com seu amigo Chris DeWolfe. O site foi inspirado no Friendster, mas eles tiveram uma “grande ideia”, permitiram que os usuários do MySpace usassem apelidos, o que não era permitido no Friendster ou em outras redes.

Em apenas três anos, o MySpace se tornou a rede social mais popular do mundo. No entanto, em 2008, estava claro que o MySpace estava em queda. O Facebook lentamente ultrapassou o MySpace para se tornar a rede social número um, e o MySpace acabou perdendo muitos usuários.

Em 2005, o Myspace foi adquirido pela News Corporation por US $ 580 milhões. Depois de vender o MySpace, Tom se aposentou antes dos 40 anos e começou a viajar pelo mundo, jurando compartilhar fotos impressionantes com seus seguidores no Instagram.

Agora com 50 anos de idade, ele mora no Havaí e parece levar uma vida dos sonhos como fotógrafo de viagens, explorando o mundo e compartilhando suas belas fotos de destinos exóticos como Tailândia e Maldivas.

Ele agora é o mais novo fã e investidor do Bitcoin.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Tesla. Imagem: Shutter Stock

Elon Musk diz que Tesla voltará a aceitar Bitcoin

A Tesla começará a aceitar Bitcoin novamente quando a maior parte do processo de mineração da criptomoeda for realizado por fontes de energia renováveis,...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Deutsche Bank diz que Bitcoin “passou dos limites” e não pode mais ser ignorado

A popularidade crescente do Bitcoin está incomodando governos e bancos centrais. A gota d'água foi a legalização da criptomoeda em El Salvador. De acordo...
Bitcoin Liberdade

Bitcoin, o novo Índice de Liberdade Econômica

Bitcoin pode ser a medida de liberdade mais neutra do mundo que nenhum país pode acusar de ter preconceito ocidental, ao contrário de alguns...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias