Policiais sequestram e torturam empresário para roubar bitcoins

Enquanto é comum encontrar pessoas alertando para você não revelar que tem Bitcoins para estranhos para evitar golpes do tipo, o caso levanta a questão de quem policia a polícia enquanto ela tem acesso a essas importantes informações.

Siga no

A Agência Estatal de Investigação da Ucrânia acusou membros do Departamento de Cibersegurança de ter sequestrado e torturado um empresário, pedindo bitcoins para liberar o investidor.

De acordo com a acusação, os oficiais do departamento utilizaram a posição privilegiada de investigadores para escolher a vítima, sabendo que ele possuía criptomoedas.

De acordo com informações da Polícia da Ucrânia os membros da SBU, o Serviço de Segurança da Ucrânia, formou um grupo criminoso entre as lideranças da equipe cibernética.

Esse grupo utilizou informações confiáveis e privilegiadas sobre os investimentos em criptomoedas do empresário que acabou sendo vítima do grupo.

Segundo a acusação o grupo de policiais criminosos sequestraram o empresário no dia 1 de outubro de 2020 “em plena luz do dia” na capital da Ucrânia, Kieve. A investigação afirma que os oficiais da SBU chegaram até a vítima, realizaram uma prisão irregular e o colocaram dentro de uma caminhonete.

“Após prenderem ilegalmente o empresário na caminhoneta, os oficiais da SBU aprenderam as chaves do apartamento e o iPhone do empresário”

Tortura

A acusação afirma que os oficiais da SBU foram até o apartamento usando as chaves roubadas e com o empresário ainda preso no veículo, os oficiais procuraram por dispositivos eletrônicos no apartamento, roubando um tablet e um notebook.

Após o roubo no apartamento, o empresário foi levado para uma floresta próxima de uma estrada. A vítima foi torturada por 1h30m, a demanda dos oficiais é que ele transferisse US$ 200 mil em bitcoins para a carteira dos polícias.

Após se recusar a pagar, o empresário foi levado até um Departamento de Polícia em Shevchenko.

Preso ilegalmente e temendo novas torturas a vítima acabou cedendo e foi obrigado a transferir 7 bitcoins para a carteira dos oficiais da SBU. Segundo as informações da investigação, divulgadas apenas recentemente, na época da transferência, os 7 bitcoins estavam avaliados em US$ 80 mil, mais de US$ 308 mil na cotação atual da moeda digital.

A investigação aponta o envolvimento de oito oficiais do setor cibernético da SBU na prática do delito. Em fevereiro deste ano a Agência Estatal realizou mandados de busca e apreensão nas residências dos réus a apreendeu dispositivos eletrônicos. No momento, os membros acusados de participarem do crime foram colocados apenas em prisão domiciliar como medida de contenção e foram removidos dos seus cargos na SBU.

Enquanto é comum encontrar pessoas alertando para você não revelar que tem Bitcoins para estranhos para evitar golpes do tipo, o caso levanta a questão de quem policia a polícia enquanto ela tem acesso a essas importantes informações.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
PayPal e Bitcoin

PayPal anuncia novo aplicativo para criptomoedas

O PayPal continua apostando nas criptomoedas, após ingressar no criptomercado há cerca de um ano, a empresa revelou seu novo app que traz recursos...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Investidor veterano alerta: “Ethereum está entrando em momento de queda prolongada”

Peter Brandt é um veterano do mercado de investimentos e um nome bem respeitado entre quem acompanha criptomoedas. Peter não é um estranho para o...

“Corretoras de criptomoedas estão em risco”, diz Bloomberg

As corretoras de criptomoedas dos EUA podem estar prestes a enfrentar um grande risco de existência conforme as questões sobre a regulamentação do setor...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias