Ucrânia suspende transferências eletrônicas de dinheiro e criptomoedas se tornam a solução

A Kuna, uma corretora de criptomoedas popular na Ucrânia, afirmou ao CNBC que os compradores domésticos estão buscando principalmente a stablecoin Tether (USDT), com muitos pagando até mais caro que o valor do dólar pela criptomoeda. 

Ainda em meio a uma invasão pelas forças militares da Rússia, a Ucrânia tem tomado diferentes medidas para tentar lidar com a situação, algumas que afetam consideravelmente a população do país. Uma dessas medidas foi a suspensão de transferências eletrônicas de dinheiro em toda a Ucrânia, parte da Lei Marcial declarada no país.

De acordo com a CNBC o Banco Nacional da Ucrânia ordenou que as transferências eletrônicas de dinheiro fossem suspensas por todas as companhias e bancos que oferecem esse tipo de serviço.

A ordem escrita também indicou que a distribuição e dinheiro eletrônico está temporariamente proibida.

Isso quer dizer que qualquer tipo de serviço que realize transferências eletrônicas de dinheiro fiduciário, como o PayPal, estão todos suspensos temporariamente. Isso dificulta bastante que dinheiro entre ou saia da Ucrânia, principalmente no caso de moradores que estão tentando fugir do conflito armado.

A decisão do Banco Nacional da Ucrânia foi divulgada em um anúncio nesta quinta-feira (25) e é apenas uma das muitas outras regras impostas ao povo ucraniano. Além da transferência de dinheiro eletrônico, o Banco Central também suspendeu mercados de troca de moedas estrangeiras, limitou saques e proibiu a emissão de moedas estrangeiras de bancos varejistas.

Com as forças russas avançando sobre território ucraniano, com ataques aéreos em diversas regiões é normal que muitos querem fugir do país, mas sem acesso ao dinheiro que está guardado em suas contas isso se torna bem difícil.

Ucranianos dando preferência a criptomoedas

Com essas dificuldades muitos estão buscando soluções para conseguir movimentar dinheiro, principalmente com operações em moedas estrangeiras.

A Kuna, uma corretora de criptomoedas popular na Ucrânia, afirmou ao CNBC que os compradores domésticos estão buscando principalmente a stablecoin Tether (USDT), com muitos pagando até mais caro que o valor do dólar pela criptomoeda. 

O Tether é uma criptomoeda lastreada de 1:1 no dólar e é uma opção famoso para momentos em que não é possível negociar moedas estrangeiras com facilidade.

“Nós não confiamos no governo. Nós não confiamos no sistema bancário. Nós não confiamos na moeda local. A maioria da população não tem nada para escolher além das criptomoeda.” disse o fundador da Kuna, Michael Chobanian em entrevista.

Não é a primeira vez que crises assim mostram o poder das criptomoedas de ajudar em situações como essa, dando às pessoas acesso ao dinheiro que de fato pertence a elas e também nos lembra que, a qualquer momento, o dinheiro do estado é usado sempre com interesses do estado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias