Um dos maiores bancos do Panamá adota Bitcoin

Perfil da instituição financeira brincou com meme "laser eyes", comum na comunidade bitcoin.

Bitcoin e bandeira do Panamá
Bitcoin e bandeira do Panamá

Um grande banco do Panamá se antecipa a regulação local e já dá boas-vindas ao bitcoin, sendo amigável ao setor desde essa terça-feira (31). Este país é um que vê um projeto de regulação ser discutido e que pode em breve ser aprovado no país.

Nos últimos anos, os bancos pelo mundo dificultaram a vida de empresas do setor, encerrando suas contas unilateralmente em várias ocasiões. No Brasil, várias exchanges tiveram que recorrer na justiça em busca de reaver suas contas.

Gradualmente, vários bancos acabaram se mostrando dispostos a acompanhar o mercado de perto e já se mostram interessados em lançar iniciativas no setor. O maior banco da América Latina, o Itaú, já considera lançar sua própria corretora de criptomoedas em breve, com estudos em curso.

Grande banco do Panamá abre as portas para o bitcoin

O Towerbank, um dos maiores bancos panamenhos, anunciou nos últimos dias que começaria a dar suporte às criptomoedas, embora o anúncio tenha sido realizado em um evento fechado.

Entusiasta das criptomoedas, Cristobal Pereira compartilhou em seu Twitter a informação, que passou despercibida por muitos na ocasião.

“Aqui no Panamá em meetup com Towerbank e eles anunciam que são crypto amigáveis, e podem vir abrir contas e depositar saques de exchanges sem medo. O primeiro banco na América Latina que anuncia isso publicamente! Vale apena Compartilhar!”

Contudo, o banco do Panamá só confirmou publicamente essa informação nesta terça, quando disse boas-vindas ao Bitcoin, afirmando que sua conta bancária agora é amigável a investidores do setor.

“Towerbank, em Panamá, abre suas portas para bitcoiners e investidores de criptomoedas.”

Regulação do setor no país caminha a passos largos

Em sua chegada no setor, o perfil no Twitter do Towerbank brincou com os “laser eyes”, que são utilizados pela comunidade bitcoin para expressar a confiança na futura valorização da moeda.

Na fase inicial, o banco não deixa claro se listará criptomoedas ou oferece algum produto aos investidores, apenas indicando que não irá encerrar contas de pessoas e empresas que trabalham com criptomoedas por qualquer motivo.

E essa sequência de boas novidades no Panamá se mostra alinhada com a regulação do país, que caminha para um desfecho. Apresentada nos últimos meses, uma nova lei busca regular as criptomoedas no país, para que transações passem a ser permitidas pela população e a vigilância de crimes seja prevista na legislação local.

No final de abril, a lei de criptomoedas foi aprovada pela Assembleia Nacional do Panamá, um marco na evolução do debate local. Contudo, o presidente panamenho ainda não sancionou a legislação, que segue em debate acalorado no país.

O autor do projeto lembra que a proposta segue as normas do GaFi para lavagem de dinheiro, e espera que o texto seja aprovado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias