Unick Forex entra para lista negra do BADBITCOIN.ORG

Uma lista que qualquer empresa deveria evitar.

Siga no
BadBitcoin

A Unick Forex, empresa investigada pelo Ministério Publico Federal por operar um suposto esquema ponzi – conhecido popularmente como pirâmide financeira – entrou para a lista negra do site badbitcoin.org, site que desde 2014 expõe fraudes que envolvem bitcoin e outras criptomoedas.

O principal objetivo do projeto badbitcoin é expor sites que podem fraudar usuários (100% dedicado à criptomoedas), listando “esses sites maliciosos” antes que eles possam causar prejuízo. No entanto, de acordo com informações do site, “os usuários sempre podem ignorar alguns dos conselhos sobre a lista negra, e não há nada que eles possam fazer além de avisar. ‘Se está em nossa lista negra, é uma fraude e você foi avisado.'”

“Um Ponzi é qualquer esquema que paga juros aos ‘Investidores’ vindos de novos Investidores, completa o site.”

O badbitcoin.org é o maior e mais respeitado catálogo de sites fraudulentos que envolvem criptomoedas, já foi citado pela Coindesk e Cointelegraph, maiores portais sobre criptomoedas do mundo. Além disso, já foi referenciado em matérias de grandes jornais mundiais sobre tecnologia, como o The Verge e Gizmodo.

Ao entrar para lista negra do Badbitcoin a Unick passa a integrar uma lista que qualquer empresa deveria evitar. A lista é enorme, e atualmente contem 6.669 sites fraudulentos. A lista possui também as maiores fraudes da história das criptomoedas, como a Centra Tech, OneCoin, PinCoin & iFanThe Smominru Miner e a popular BitConnect, pirâmide que movimentou mais de 2 bilhões de dólares. Certamente não é bom fazer parte da lista.

Sobre a Unick, o badbitcoin.org diz:Um grande Ponzi. Eles dizem que fazem trade com criptomoedas, uma mentira, assim como todas pirâmides que dizem fazer. Todo esquema ponzi entra em colapso e deixa a maioria dos participantes no prejuízo.”

Unick listada no site Badbitcoin.org. Imagem: Badbitcoin.org
Unick listada no site Badbitcoin.org. Imagem: Badbitcoin.org

Unick em outras listas negras

A unick já integra outras listas negras, a empresa é constantemente pauta do grupo GAP, um dos maiores – se não o maior – grupo anti pirâmide do brasil. Os membros do GAP já publicaram matérias sobre as operações da Unick.

A unick também já foi referenciada várias vezes no site “Tenho Dívidas“, o maior acervo de matérias sobre esquemas ponzi do Brasil.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Satoshi no Coinmarketcap

CoinMarketcap cria página de preço de Satoshi, menor unidade do Bitcoin

O CoinMarketCap, maior índice de preços de criptomoedas do mundo, listou neste sábado (8) uma página especifica para a menor fração de Bitcoin, o...
Economista mais influente do Brasil (Forbes)

Economista mais influente do Brasil diz que criptomoedas vieram para ficar

Ricardo Amorim, o economista mais influente do Brasil de acordo com a Forbes, maior influenciador brasileiro do LinkedIn e ganhador do Prêmio iBest de...
Ethereum. Imagem: Adobe Stock

Ethereum dispara e supera 20 mil reais

Ethereum, a segunda maior criptomoeda do mundo continua sua jornada de alta e valorizou mais de 7% neste sábado (08), atingindo um novo recorde...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias