Venmo, aplicativo com 70 milhões de usuários agora tem Bitcoin

O aplicativo não funciona no Brasil, mas analistas do mercado afirmam que o anúncio é importante, dado o tamanho da plataforma.

Siga no
Venmo
Venmo

A partir de hoje os usuários do Venmo – aplicativo de pagamentos móveis de propriedade do PayPal – poderão comprar, guardar e enviar Bitcoin e outras três criptomoedas.

De acordo com o PayPal, o Venmo vai levar as criptomoedas para sua base de mais de 70 milhões de usuários. Da mesma forma, o PayPal implementou suporte às criptomoedas no ano passado.

O Venmo inicialmente terá quatro ativos: Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Bitcoin Cash. Os mesmos que estão disponíveis para usuários do PayPal nos EUA.

“A Venmo anunciou hoje o lançamento do ‘Crypto on Venmo’, uma nova maneira para os mais de 70 milhões de clientes comprarem, guardarem e venderem criptomoedas diretamente no aplicativo”, diz o comunicado à imprensa.

Graças a este novo recurso, os usuários do Venmo poderão ver tutoriais e vídeos no aplicativo para aprender sobre os ativos digitais.

77 milhões de usuários

O PayPal afirmou que disponibilizou a opção de criptomoedas para mais de 70 milhões de usuários do Venmo. O botão permite que eles comprem ativos digitais instantaneamente a partir de US $ 1.

“Os clientes terão a capacidade de comprar e vender criptomoedas usando saldo do Venmo, ou uma conta bancária vinculada ou cartão de débito. Todas as transações são gerenciadas diretamente no aplicativo Venmo”, diz o comunicado.

O aplicativo não funciona no Brasil, mas analistas do mercado afirmam que o anúncio é importante, dado o tamanho da plataforma. O novo recurso pode ter um impacto mais amplo porque o Venmo incentiva os usuários a compartilhar atividades em redes sociais.

Na prática, isso significa que os usuários do Venmo verão em breve postagens como “Pedro enviou R$ 100 em Bitcoin”, que, por sua vez, servirá como uma espécie de publicidade gratuita para as criptomoedas.

O anúncio não informou o custo de compra e uso do Bitcoin, mas um porta-voz da empresa disse ao site Decrypt que as taxas seriam as mesmas do PayPal – 50 centavos para transações abaixo de US $ 25, 2,3% para transações abaixo de US $ 100 e 1,5% para transações acima de US $ 100.

A empresa disse que o “Crypto on Venmo” é uma nova forma para a comunidade Venmo começar a explorar o mundo das criptomoedas, no qual eles “confiam e atuam como  componente chave.”

“Não importa onde você esteja em sua jornada de criptomoedas, a Crypto on Venmo ajudará nossa comunidade a aprender e explorar criptomoedas em uma plataforma confiável e diretamente no aplicativo que eles conhecem e amam.”

O comunicado acrescenta que a Venmo está empenhada em fornecer aos seus clientes uma plataforma fácil de usar que simplifica o processo de compra e venda de criptos.

Eles também querem desmistificar algumas das perguntas e equívocos comuns que os usuários podem ter.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

NFT pode “matar” o Bitcoin? Qual a relação entre ambos?

É provável que muita gente conheça os NFTs, regularmente confundidos com “arte digital”. A ação ganhou força após Stephen Curry, astro da NBA, e...
Plataformas NFT e Ethereum empresas

Empresas listadas na bolsa apostam no mercado de NFT

O crescimento do mercado de NFTs tem quebrado barreiras mais rápido do que outros recursos relacionados a blockchain. Hoje até mesmo grandes empresas, listadas...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

Mineradores brasileiros comentam banimento de Bitcoin pela China

A proibição de Bitcoin pela China nos últimos dias abalou o mercado, com muitas pessoas ficando preocupadas com isso, menos dois mineradores brasileiros que...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias