Vila em Montenegro à venda por Bitcoin ou Ethereum

País Europeu!

-

Siga no
Dois Bitcoins em destaque - Halving
Dois Bitcoins em destaque - Halving
Anúncio

O país do sudeste Europeu de Montenegro, região dos Balcãs, possui muitas montanhas e uma população de pouco mais de 600 mil habitantes. Por lá uma vila está à venda, sendo possível comprar o local com criptomoedas.

A vila de 4 quartos e 5 banheiros fica a 70 m acima do nível do mar, tendo um custo de U$ 1,961 milhão (cerca de 519 BTC) para quem tiver interesse em comprar o local.

Fonte: Anúncio de venda

Anúncio

A listagem da propriedade no site Propy, feita no dia 14 de dezembro de 2018, deixa claro que é aceito Bitcoin, Ethereum e várias moedas fiat na compra deste imóvel.

O futuro dono terá uma vista para o mar, acesso fácil a aeroporto e comércios, além de privacidade devido a ser localizada no fim de uma rua sem saída.

No anúncio foi colocado um fato interessante para quem se preocupa em comprar uma casa de luxo e sofrer com a manutenção junto ao governo, pois “Montenegro tem algumas das taxas mais baixas de imposto na Europa e até mesmo no mundo”.

Conseguir um visto legal para famílias que tenham a posse de uma residência também é mais fácil. Montenegro é considerado de renda média alta pelo Banco Mundial.

O que é a plataforma Propy?

Em julho de 2018, um comprador de Hong Kong adquiriu uma casa na Califórnia-EUA utilizando Bitcoin, tudo aconteceu pela Propy.

A plataforma promete facilitar a compra de imóveis sem a barreira das fronteiras, possibilitando aos usuários pagarem na moeda desejada, inclusive criptomoedas.

No momento da escrita desta matéria, não havia apenas um imóvel à venda, mas sim inúmeras opções e em vários países, como: Indonésia, EUA, Japão, Dubai, entre outros.

A empresa possui também um token Ethereum, Propy (PRO), que já é listado em exchanges como Huobi e Bittrex.

Um novo formato de comércio de imóveis está surgindo junto com as criptomoedas e essa plataforma não é a única que terá uma solução desse formato com certeza, mas já mostra que a criptoeconomia veio para ficar.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Últimas notícias

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Primeira exchange a listar a brasileira Hathor HTR

A tecnologia brasileira da blockchain Hathor vem chamando cada vez mais atenção da comunidade global e já entrou nos Estados Unidos e na Ásia,...