Vladimir Putin: “Precisamos impedir transferências ilegais com criptomoedas”

O presidente da Rússia pediu "medidas adicionais" no combate às transações ilícitas com criptomoedas.

Siga no

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, pediu “medidas adicionais” no combate às transações ilícitas com criptomoedas. Na Rússia, desde de janeiro deste ano as criptomoedas são proibidas de serem usadas para pagamentos de produtos e serviços.

Durante uma reunião com a Procuradoria-Geral da República, Putin enfatizou que, apesar da proibição, os ‘criminosos’ estão usando cada vez mais as criptomoedas.

“Esta atividade deve ser monitorada de perto pelo Gabinete do Procurador-Geral em cooperação com colegas de outras agências de aplicação da lei, incluindo o Serviço Federal de Monitoramento Financeiro (Rosfinmonitoring)”, disse Putin.

O líder russo também falou sobre a necessidade de melhorar os mecanismos de devolução de bens obtidos por meios criminosos no exterior. Para isso, segundo Putin, é necessário utilizar de forma eficaz as capacidades do grupo de trabalho interdepartamental criado para coordenar esse trabalho.

“Criminosos estão usando ativos digitais cada vez com mais frequência, e é a isso que você deve prestar mais atenção junto com seus colegas de outras agências”, disse.

O chefe do Comitê Estatal de Legislação da Duma, Pavel Krasheninnikov, propôs legalizar as criptomoedas no país, regulamentando seu uso da mesma forma que o tráfico de drogas.

O parlamentar explicou que as autoridades russas assumem uma posição contraditória em relação às moedas digitais, mas o problema pode ser resolvido se forem feitas com capacidade de circulação limitada.

Em fevereiro, o chefe da agência russa de combate à lavagem de dinheiro, Yuri Chikhanchin, relatou a criação do serviço Transparent Blockchain para rastrear transações com criptomoedas.

Ele disse que o mecanismo é capaz não só de analisar transações, mas também de identificar indícios que indiquem o criminoso responsável pela transação.

Além disso, agência pediu atenção especial à regulamentação dos ativos digitais na luta contra as ameaças à informação, devido ao fato de que os cibercriminosos supostamente usam cada vez mais criptomoedas na darknet.

O presidente russo assinou uma lei que proíbe oficialmente pagamentos em criptomoedas como Bitcoin no país. O governo russo também está trabalhando em iniciativas separadas para impor restrições a serviços de pagamento estrangeiros e carteiras digitais, como como AliPay e WeChat.

“O nosso Ministério Público está empenhado em fiscalizar a observância do Estado de Direito em todas as esferas da atividade do Estado, e aqui quase tudo se afirma, não vou repetir, só há uma coisa: nada foi dito sobre a resolução de questões sociais dos próprios promotores. Espero que a direção do Gabinete do Procurador-Geral esteja empenhada nisso, não pode ser de outra forma”, finalizou Putin.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Próxima queda do mercado cripto será brutal, alerta “Cobra”, dono do bitcoin.org

O mercado de criptomoedas é cheio de altos e baixos, ao longo de 12 anos os investidores viram períodos de altas constantes, chamados de...

O ouro físico está perdendo espaço para o ouro digital

Nos últimos dias, Neel Kashkari, presidente do banco central americano, disse que não ficaria surpreso se a taxa de inflação nos Estados Unidos subissem...

Repressão global às criptomoedas pode estar chegando, alerta CEO da Kraken

Recentemente o Bitcoin e várias outras criptomoedas tiveram uma alta surpreendente, com muitas alcançando novas máximas históricas (como é o caso do Bitcoin e...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias