Volume de bitcoins negociados no Brasil em junho cai 29%, Binance continua reinando

Binance continua atraindo maior volume de negociações, mesmo com queda na cotação do BTC.

Siga no
Bitcoin, Bandeira do Brasil e notas de Real brasileiro volume negociação
Bitcoin, Bandeira do Brasil e notas de Real brasileiro

O volume de bitcoins negociados nas corretoras brasileiras caiu 29% no último mês de junho, de acordo com o site Cointrader Monitor, o único ponto que se mantém igual aos últimos meses é o volume marcante de negociações da Binance, que supera o registrado em outras corretoras.

Vale notar que, como a cotação do Bitcoin no Brasil acompanha o preço do Dólar, a criptomoeda caiu 7,74% no mês.

O volume de Bitcoin caiu 29% em junho em relação ao mês de maio, com a negociação de 37.291,00 moedas nas corretoras brasileiras. Em maio, os brasileiros negociaram 52.595,00, ou seja, há uma queda no interesse dos investidores presente no mercado.

De acordo com o relatório de mercado do CTM, o total negociado equivale a R$ 6.733.128.345,35 (6,7 Bi).

Em maio, o valor das negociações havia superado os R$ 12 bilhões, mostrando assim que a queda foi grande no país.

Outro dado que chama atenção são as negociações na Binance, que se mantém, pelo quarto mês consecutivo, com o maior o volume negociado no Brasil. Só a corretora foi responsável por mais de 33% das transações de traders brasileiros no último mês.

“Pelo quarto mês consecutivo, a exchange com maior volume foi a Binance, tendo negociado 12.486 Bitcoins. A Binance foi responsável por 33,5% das negociações de Bitcoins no Brasil durante o mês de junho.”

Se o volume de Bitcoins negociados caiu 29% de maio para junho, outra medida que despencou foi o volume em Reais de Bitcoins, que caiu 45,8%, segundo apuração do Cointrader Monitor.

Preço do Bitcoin recua em relação ao Real

No mês de junho o Dólar perdeu fôlego ante o Real brasileiro, com queda de 4,81% em 30 dias. Vale o destaque que esse foi o terceiro mês seguido de desvalorização da moeda norte-americana, mostrando que os traders da bolsa voltaram a se animar com a divisa nacional.

Se a queda do Dólar se mostrou presente, outra desvalorização aconteceu no mercado de Bitcoin. Com o mês de junho iniciando com a cotação do Bitcoin em R$ 191.031,78 e fechando em R$ 176.243,64. Assim, a queda do Bitcoin frente ao Real foi de 7,74%.

A menor cotação do Bitcoin no mês de junho foi de R$ 158.936,00 mil, no dia 25, sendo a máxima de R$ 207.287,00, no dia 14.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Carvão pintado de ouro. Imagem: ShutterStock

Banco Central, onde está nosso ouro?

2021 tornou-se um ano de compra de ouro por Bancos Centrais ao redor do mundo, porém, desta vez, o movimento não é liderado por...
Aplicativo do Mercado Pago

MercadoPago analisa “de perto” implementação de criptomoedas

O MercadoPago, empresa de pagamentos subsidiária do Mercado Livre, está analisando "de perto" a implementação de posse e envio de criptomoedas. No primeiro trimestre de...
FTX LOL

Corretora de bitcoin vai patrocinar campeonatos de League of Legends

A corretora de criptomoedas FTX continua a investir na indústria de esportes e jogos. A exchange revelou nesta quarta-feira (04) um contrato para patrocinar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias