Após anos odiando Bitcoin, Warren Buffet investe em banco que oferece ETF de Bitcoin

Mesmo sendo um grande crítico do Bitcoin, Buffer investiu valor bilionário no Nubank, que oferece, entre outros serviços, ETF de Bitcoin.

Warren Buffet é um dos mais lendários investidores do mundo e um clássico crítico do Bitcoin e do mercado de criptomoedas, no entanto, a sua companhia de investimentos, a Berkshire Hathaway investiu um valor bilionário em um banco que tem investimentos no criptomercado.

A Berkshire Hathaway tornou público o seu investimento através de um registro na SEC onde relata que a companhia de Warren comprou US$ 1 bilhão em ações da Nubank, o neobanco com sede no Brasil e que aos poucos se torna um dos maiores da América Latina no setor de internet banking.

O Nubank é chamado de um neobanco por representar um novo método de atuar dentro do setor bancário, apostando em regras diferentes do sistema bancário tradicional. Entre essas diferenças estão uma aproximação muito mais amigável ao criptomercado e a investimentos dentro desse setor.

Um exemplo disso é como o Nubank conta até mesmo com produtos de investimento em Bitcoin, como um ETF para a criptomoeda. O investimento da empresa de Buffet claramente não tem como objetivo focar no criptomercado, mas é sem dúvidas um investimento muito interessante para uma companhia ligada a grandes críticos como um todo.

Histórico de ódio ao Bitcoin

O interessante é que a liderança da Berskshire sempre foram críticos do Bitcoin, nunca medindo palavras negativas para falar da maior criptomoeda do mundo. Warren Buffet, presidente da Berkshire Hathaway, tem uma frase famosa sobre o Bitcoin, onde afirma que acredita que a criptomoeda é apenas “veneno de rato” e que “não tem valor”.

Já o vice-presidente da companhia de investimentos e parceiro de longa data de Buffet, Charlie Munger é ainda mais vocal sobre o quanto ele não gosta da moeda digital.

Recentemente Munger declarou querer que as criptomoedas “nunca tivessem sido inventadas” e também indicou que não deixaria alguém que tem criptomoedas fazer parte da sua família.

Ele também criticou todo o mercado de investimento, afirmando que a bolha do Bitcoin é pior até mesmo que a famosa Bolha.com.

Além disso, ele também disse uma vez que o Bitcoin é “nojento e contrário ao interesse da civilização”, ele também defendeu a decisão da China de banir a negociação de criptomoedas e até pediu para que os EUA fizessem o mesmo.

O investimento em um banco que lida com criptomoedas é uma mudança que indica que a liderança crítica da companhia não tem “tanta força” para determinar investimentos, ou simplesmente a oportunidade de lucro fala mais alto do que certas opiniões.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias