XP Investimentos anuncia entrada no mercado de criptomoedas

“Nos sentimos obrigados a avançar neste mercado”

Siga no
XDEX
XDEX. Imagem: BEG

O Grupo XP, considerado uma das maiores corretoras do Brasil, tornou pública suas intenções de entrar no mercado de criptomoedas. A corretora pretende lançar uma plataforma para negociação de ativos digitais entre outubro e dezembro de 2018 começando com as duas criptomoedas mais populares (Bitcoin e Ethereum).

Outras criptomoedas serão adicionadas em 2019.

No mês de setembro a XP registrou a marca “XP Bitcoin” no INPI, procurada pelo estadão a XP informou que estudava o mercado de moedas virtuais e analisava as possibilidades.

De acordo com CEO do Grupo XP, Guilherme Benchimo, a iniciativa vai oferecer a mais de 3 milhões de investidores em toda a América Latina a chance de se envolver no mercado de criptomoedas em ritmo acelerado.

Com base em informações da Bloomberg, a nova corretora de criptomoedas será chamada de “XDEX” e terá 40 funcionários.

O lançamento da XDEX permitirá que qualquer pessoa no Brasil e em toda a América Latina, procurando investir em criptos, participe do mercado sem ter que buscar uma solução no exterior. Isso permite um processo mais confiável de negociação no mercado.

O desenvolvimento desta plataforma parece que não trouxe tanta alegria ao CEO da XP, O presidente da corretora disse:

“Confesso que este é um tema que eu preferia que não existisse, mas existe”, afirmou o executivo. “Nos sentimos obrigados a avançar neste mercado”, complementou.

De acordo com a Bloomberg, a XP pretende ter 1 trilhão de reais (US $ 245 bilhões) sob custódia até 2020, quatro vezes o que se espera ter até o final do ano. A corretora também está lançando um banco nos próximos meses, disse Benchimol.

Para o cargo de economista-chefe de criptomoedas a XP Investimentos contratou o especialista em criptomoedas Fernando Ulrich, de acordo com o caderno de economia do Estadão.

O mercado de criptomoedas no Brasil e a chegada da XP Investimentos

A entrada do Grupo XP na indústria pode causar um aumento da participação da América Latina no mercado global de criptomoedas.

A situação legal das criptomoedas ainda é muito incerta no Brasil. Há muita dúvida jurídica em torno do assunto e algumas empresas financeiras vêem as criptomeodas como rival.

Esse pode ser um bom momento para a XP Investimentos.

Recentemente a Foxbit, antiga maior corretora de criptomoedas país, ficou offline por mais de 72 horas, o que poderia ter sido uma vantagem para uma empresa como a XP se estivesse devidamente preparada.

Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br

Craig Wright processa sites e manda remover whitepaper do Bitcoin

Craig Wright, o controverso australiano que se diz criador do Bitcoin exigiu que os sites bitcoin.org, bitcoin.com e bitcoincore.org removam o famoso whitepaper do...
Preço gráfico do Bitcoin em queda

Preço do Bitcoin em forte queda, queda de 22% desde recorde histórico

O preço do Bitcoin continua em forte movimento de queda nas corretoras pelo mundo. Com a nova tropeçada, o preço já teria registrado uma...
Criptomoeda Ethereum

CME é bom pro Ethereum? Preço vai cair em fevereiro?

18 de dezembro de 2017, lançamento do contrato futuro de Bitcoin na bolsa de Chicago, a CME. Nas palavras do estrategista global do banco...

Cotações do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Preço do Bitcoin em forte queda, queda de 22% desde recorde histórico

O preço do Bitcoin continua em forte movimento de queda nas corretoras pelo mundo. Com a nova tropeçada, o preço já teria registrado uma...

CME é bom pro Ethereum? Preço vai cair em fevereiro?

18 de dezembro de 2017, lançamento do contrato futuro de Bitcoin na bolsa de Chicago, a CME. Nas palavras do estrategista global do banco...

Ethereum pode repetir trajetória do Bitcoin e atingir US $ 20 mil, de acordo com a Lei de Metcalfe

Analistas têm estudado a correlação do preço do Bitcoin e do Ethereum e sugerem que se a Lei de Metcalfe for seguida, há uma...

Após afirmar que “clientes não têm interesse em Bitcoin”, BlackRock pode comprar Bitcoin

A BlackRock, gigante da indústria financeira e gestora de fundos com valor de mercado na casa dos trilhões, registrou alguns pedidos na SEC (Comissão...

Bitcoin e criptomoedas não são tão usados por criminosos como dizem os políticos

Em uma audiência para o Comitê de Finanças do Senado, Janet Yellen, a indicada do presidente eleito Joe Biden para assumir a secretaria do...