XP Investimentos deve lançar nova plataforma de criptomoedas, diz jornal

Corretora pode estar de volta após inevitável separação com banco Itaú

Siga no
Foco no Bitcoin
Foco no Bitcoin

Em 2020, o mercado brasileiro de criptomoedas viu a Xdex, corretora de Bitcoin da XP Investimentos, fechar suas portas definitivamente. Os motivos teriam sido a falta de regulamentação da moeda digital no Brasil.

Após sair do mercado, a empresa só voltou a ter relação com as criptomoedas de forma indireta, visto que permite aos seus clientes comprar a cota de um fundo de investimentos que tem o Bitcoin como ativo principal, o Hashdex Bitcoin Full 100 FIC FIM IE.

Além disso, nos últimos dias o presidente do Banco XP atacou o Bitcoin em uma live, mostrando que a posição pessoal dele é contrária a tecnologia. Na ocasião, José Berenguer, chamou o Bitcoin de bolha, se mostrando favorável apenas ao uso da blockchain em inovações.

A postura de receio da XP em relação ao Bitcoin, no entanto, tem prazo para acabar. De acordo com o Estadão, a empresa está planejando seus passos rumo ao mercado que abandonou há pouco mais de um ano.

XP Investimentos planeja volta ao Bitcoin

Vale o destaque que a eventual volta da XP Investimentos ao mercado de Bitcoin no Brasil depende ainda de um fator: a sua separação do banco Itaú, que detém 49% da empresa.

Como os acionistas majoritários da XP já estão buscando essa posição do Itaú, afastando o banco da corretora, a volta ao mercado de criptomoedas seria um dos planos a seguir.

Segundo o Estadão, além da falta de regulamentação, a empresa teria se afastado do Bitcoin por conta de pressão do banco.

A XP Investimentos ainda não comentou se voltará realmente a montar uma operação de Bitcoin no Brasil, com o caso sendo ainda um rumor de mercado. Mesmo assim, fica claro que as criptomoedas chamam a atenção das empresas, que não conseguem mais se afastar dessas negociações, que atraem cada vez mais investidores.

Outra motivação da volta da XP ao mercado é a recente listagem da Coinbase na bolsa de valores dos Estados Unidos. Além disso, a corretora Mercado Bitcoin também planeja o mesmo movimento no Brasil, já tendo até contatos com bancos para realizar essa listagem pública.

Ou seja, com o mercado tradicional financeiro cada vez mais imerso nas criptomoedas, com até empresas comprando Bitcoin como reserva, a XP Investimentos estaria planejando um retorno.

Na última terça-feira (1), diretores da CVM e Banco Central do Brasil afirmaram que a regulamentação do Bitcoin não deve demorar muito a chegar no país.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

“Bitcoin é igual o Kenny do South Park, morre, mas sempre volta”, diz diretor...

South Park é um dos desenhos mais famosos dos últimos anos, com um humor adulto e ácido e personagens simples, mas memoráveis. De acordo...
WTF dólar. (Imagem: ShutterStock)

Na surdina, congresso dos EUA introduz emenda que dá mais poder ao FED para...

No dia 28 de julho deste ano uma emenda foi introduzida para votação no Congresso dos EUA. O texto, apoiado pelo democrata Don Beyer, introduz...

Quantas vezes a China já baniu o Bitcoin?

Desde 2009 a China vem brigando para manter o yuan como a única moeda usada no país, proibindo que seus cidadãos tenham qualquer tipo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias