Youtuber tem R$ 3.5 milhões em criptomoedas roubados pela própria equipe após ser dopado

Golpe do "Boa noite Cinderela".

Homem dormindo em frente ao computador
Homem dormindo em frente ao computador

A equipe de um youtuber deu uma pílula para ele dormir e roubou suas criptomoedas em seguida. O crime, conhecido como golpe do “Boa noite, Cinderela” é comum contra investidores em criptomoedas que deixam suas posses em locais de fácil acesso, ou mesmo que contem para outras pessoas sobre seus investimentos.

O recomendado é manter segredo após realizar uma compra de Bitcoin.

Em casos desse golpe, é comum que os criminosos utilizem drogas pesadas para induzir o sono da vítima, que enquanto dorme, não vê que os bandidos estão levando tudo que podem.

Equipe de youtuber dá pilula para ele dormir e roubam suas criptomoedas

Em 2021, no mês de junho, um famoso youtuber da Coreia do Sul do setor de finanças estava trabalhando com sua equipe, quando tomou um café “batizado”. Mal sabia ele dos planos traçados por sua equipe de dois assistentes, que estavam com um plano contra seu patrimônio.

Dessa forma, ao terminar de tomar o café, o Sr. A começou a sentir sonolência e foi dormir. Quando acordou no outro dia, ele percebeu que todos os seus pertences haviam sido levados, assim como sua dupla da equipe sumido.

Sua equipe era responsável por administrar seu canal no YouTube e tinha a confiança dele, mas ele logo desconfiou que havia sido roubado por eles. Durante seu sono profundo, foram levados seu laptop, carteira, telefone celular e selo corporativo.

Na madrugada do dia seguinte ao roubo, foi detectado uma movimentação em suas contas de criptomoedas, levando mais de 800 milhões de Won sul-coreano de suas carteiras. Esse valor daria algo em torno de R$ 3,5 milhões hoje.

Assim, ele logo desconfiou da sua equipe sumida, que foi identificada para as autoridades.

Equipe foi condenada a prisão

A equipe do Sr. A era composta por Kwon e Im, ambos de 44 anos, que logo foram acusados de roubo, lesão e fraude. Conforme o portal sul-coreano Edaily, eles acabaram presos pelo crime e na última semana, o tribunal de Seul procedeu ao julgamento deles.

No dia 29 de janeiro, eles foram condenados a três anos de prisão e mais 4 de liberdade condicional. Além disso, terão que cumprir 120 horas de trabalho comunitário e participar de 40 horas de palestras sobre tratamento de drogas, além de pagar uma multa de 20 mil Won cada.

O que ajudou eles de pegar uma pena maior no caso foi o fato de que o Sr. A ligou para eles no dia seguinte ao crime, recebendo de volta 500 milhões de Won da dupla criminosa. Com isso o juiz amenizou a prisão, que não deixou de chamar atenção para o crime.

Em 2021, um trader de Bitcoin marcou encontro pelo Tinder e quase foi roubado, após se identificar pela rede de encontros como um possuidor de moedas digitais. Vale lembrar que, em ambos os casos, as vítimas se tornaram alvos quando deixaram exposta à informação de que eram investidores de criptomoedas, uma prática desaconselhada.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias