Adoção de stablecoin cresce no Brasil

Criptomoeda também permite que as pessoas acessem a nova tecnologia financeira de DeFi.

Siga no
Adoção de criptomoeda stablecoin
Adoção de criptomoeda

A adoção de uma stablecoin lastreada em dólar está crescendo cresce no Brasil, principalmente com o câmbio do Real com o Dólar sendo de alto risco. Além disso, a queda na Taxa Selic, que tirou a atratividade da renda fixa, pode ter impulsionado o movimento.

Atravessando uma das maiores crises sanitárias da história mundial, investidores se preocupam com a proteção de seus patrimônios. Desse modo, buscar ativos seguros e com boa rentabilidade é cada vez mais necessário.

Com as criptomoedas passando por um momento promissor, muitos se voltaram ao mercado. A maior criptomoeda do mundo, o Bitcoin, ainda assusta algumas pessoas com a volatilidade de seus preços.

Assim, uma das alternativas para quem busca entrar no mercado e comprar uma criptomoeda estável é a DAI. Listada em corretoras brasileiras, a comunidade da moeda tem crescido no país.

Para entender mais sobre essa adoção, conversamos com Nadia Alvarez, representante de desenvolvimento de negócios da Maker Foundation na América Latina e Felippe Percigo, embaixador da MakerDAO no Brasil.

Confira abaixo a entrevista do Livecoins com os representantes da DAI na região

Livecoins: Como funciona a tecnologia da DAI?

Nadia Alvarez: O sistema de emissão do DAI funciona como uma loja de penhores. Uma pessoa pode deixar um relógio de R$ 1.000,00 como garantia e receber por esse relógio (colateral ou garantia) um empréstimo de R$ 800,00 reais.

A pessoa tem o direito de pedir o seu relógio de volta assim que devolver os valores mais as comissões. No caso da MakerDAO, o relógio pode ser Ether (ETH), BAT (BAT) ou outro token ERC20s.

Ao bloquear esta garantia nos contratos inteligentes da MakerDAO, o usuário recebe o DAI, isso significa que todo DAI é criado sempre apoiado por esses tokens bloqueados. O usuário tem o direito de recuperar sua garantia uma vez que pague o empréstimo do DAI mais a comissão.

O melhor de tudo isso é que se trata de um sistema totalmente descentralizado, gerenciado por meio de contratos inteligentes.

Quantas corretoras listam a DAI no Brasil hoje e ajudam a mostrar o projeto?

Nadia Alvarez: Hoje, no Brasil, temos várias corretoras que negociam o DAI, entre elas Bitcointrade, Brazilliex, NovaDAX, Bitcointoyou e Binance.

Qual é o volume da DAI nas corretoras do mundo? E no Brasil?

Nadia Alvarez: O volume mundial do DAI nas últimas 24 horas (05/02/2021), foi de mais de US $ 400 milhões, e o crescimento anual do DAI foi 22 vezes maior comparado com o ano passado.

No Brasil, o volume é menor porque as pessoas costumam usar as corretoras locais como rampas de acesso e passam a fazer transações em corretoras maiores ou descentralizadas.

Vocês têm um perfil dos clientes que compram DAI nas corretoras?

Felippe Percigo: Acredito que temos dois perfis de clientes que compram o DAI. Um como diversificação, expondo-se ao dólar indiretamente e outro para utilizar os protocolos DeFi ou exchanges descentralizadas, uma vez que o DAI é um bom instrumento para isso.

É possível utilizar a DAI sem corretora no Brasil?

Nadia Alvarez: Se você quiser comprar o DAI utilizando o Real, precisa de uma corretora. Após ter o DAI, você tem um número infinito de oportunidades, podendo utilizar para investir em qualquer um dos pools de empréstimos descentralizados, para usar como garantia e emprestar outra criptografia, para comprar diferentes produtos e serviços e para comprar NFTs.

Além disso, também é possível fornecer liquidez para uma pool do DAI.

Algum comércio já aceita DAI no Brasil hoje?

Nadia Alvarez: A Pundi X tem uma solução para comércios no Brasil que permite aceitar criptomoedas para pagamento. Um dos criptos aceitos nessas soluções é o DAI.

No entanto, acredito que no Brasil o DAI é mais utilizado para investimentos do que para pagamento. Em outros países da América Latina, como Argentina e Venezuela, é muito comum pagar utilizando moedas diferentes.

Stablecoin tem boa adoção, é melhor que poupança e oferece exposição ao dólar, garante embaixador da moeda no Brasil

A criptomoeda DAI é melhor que a poupança? E o Dólar, como funciona?

Felippe Percigo: Na minha opinião, qualquer investimento é mais vantajoso que a poupança. Em 2020, vimos o valor da nossa moeda corrente, o Real, perder mais de 50% de seu valor de compra em níveis globais em comparação ao Dólar.

Isso nos mostra que possuir reserva ou parte do portfólio de investimentos em dólar é muito benéfico para preservar o poder de compra em relação ao mundo todo e para diversificação. Como o DAI é pareado ao dólar, ele se torna uma boa opção para investir.

Quantos membros a comunidade brasileira já tem hoje?

Felippe Percigo: A comunidade DAI no Brasil hoje possui mais de 1000 pessoas no Instagram e Telegram. Sendo o Telegram muito utilizado para discussões e aplicações da DAI em protocolos DeFi.

Quantos eventos a DAI já fez no Brasil?

Nadia Alvarez: Devido à COVID-19, não estamos fazendo eventos presenciais. Estamos investindo em eventos online que acontecem semanalmente e nos possibilita estar mais “próximos” da nossa comunidade.

Como a fundação Maker ajuda comerciantes e pessoas interessados em conhecer a tecnologia?

Nadia Alvarez: No Brasil existem dois embaixadores, o Felippe Percigo e o Caio Sanford, que estão criando conteúdo educacional em português em diferentes canais: blogpost, vídeos do YouTube e Instagram.

Eles também estão sempre disponíveis no Telegram para esclarecer qualquer dúvida.

Planos da stablecoin no Brasil envolvem crescer comunidade, Argentina é o país que mais tem adoção à tecnologia na região

Quais os planos da Maker para a comunidade no Brasil?

Felippe Percigo: Os objetivos são continuar o crescimento da comunidade, criar mais conteúdo, e promover mais casos de usos úteis para os brasileiros.

Livecoins: Qual país da América do Sul com maior adoção a criptomoeda DAI?

Nadia Alvarez: Sem dúvidas é a Argentina. Uma das corretoras que recentemente abriu negócios no país divulgou que em menos de cinco meses têm um volume operado de 3,3M DAI.

E não é a única corretora com o DAI no país, existem mais de 10 corretoras e diferentes mercados P2P que operam com o DAI por lá.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Divulgação/Goldman Sachs

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...
Bitcoin em fevereiro de 2021

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...

Desenvolvedores voltam a atualizar Dogecoin

No meio da alta recorde das criptomoedas no ano passado, a Dogecoin (DOGE) se destacou como uma ovelha negra. Ela valorizou 2100% no intervalo...

Citibank: Bitcoin pode se tornar uma moeda de comércio global

O Bitcoin está em um "ponto de inflexão" e pode se tornar a moeda preferida para o comércio internacional, disseram analistas do gigante bancário...

Governos não podem manipular o Bitcoin, diz prefeito de Miami

Francis Suarez, o prefeito de Miami, quer tornar o Bitcoin parte do futuro econômico de sua cidade e, em uma entrevista à "Axios on...