Após prisão de Julian Assange, Wikileaks vê aumento de doações em Bitcoin

Julian tem sido um defensor de longa data da comunidade de Bitcoin. Sua prisão foi protestada com o endereço público do Wikileaks novamente vendo um grande aumento nas doações de bitcoin.

Siga no

Conforme noticiado pelo Livecoins nesta manhã, Julian Assange, co-fundador do Wikileaks e simpatizante do Bitcoin foi preso na embaixada equatoriana em Londres e enfrenta extradição para os EUA por acusações de conspiração.

Julian passou os últimos sete anos buscando asilo na embaixada equatoriana, mas finalmente perdeu o apoio do governo. Ele foi preso hoje, 11 de abril, por não comparecer aos tribunais britânicos. Julian tinha um mandado de prisão sueco por alegações de agressão sexual e seu envolvimento com a Wikileaks, no entanto, o governo britânico pediu sua prisão por não comparecer ao tribunal para responder a essas acusações.

O elefante branco no meio da sala para esta acusação é o envolvimento do governo federal dos EUA, que o persegue com uma acusação de conspiração.

Após Julian ser preso, a Wikileaks liberou acesso a vários arquivos:

Wikileaks e Bitcoin

Julian tem sido um defensor de longa data da comunidade de Bitcoin por sua capacidade de contornar as repressões internacionais dessa natureza. Depois que o PayPal se juntou aos bancos suíços e norte-americanos ao proibir os usuários de enviar doações ao Wikileaks, Julian começou a aceitar doações em bitcoin como principal meio de financiamento.

O Wikileaks se tornou uma das primeiras grandes instituições a aceitar o método de pagamento, trazendo cobertura internacional da imprensa.

Desde então, o Wikileaks passou a receber uma quantidade gigantesca de bitcoins ao longo dos anos. Em 2016, o endereço de doação público do site atingiu o marco de uma enorme quantia de 4.000 bitcoins, uma soma de milhões de dólares.

Com a insistência obstinada que o governo dos EUA demonstrou ao perseguir Julian e outros, seu futuro após a extradição parece sombrio.

Edward Snowden, que está escondido na Rússia há vários anos, chamou a prisão de Julian de “um momento sombrio para a liberdade de imprensa”.

A prisão de Julian foi protestada pela comunidade de criptomoedas, com o endereço público do Wikileaks novamente vendo um grande aumento nas doações de bitcoin de uma variedade de fontes.

Se você gostaria de doar para a missão do Wikileaks, os endereços de doação em criptomoeda da organização podem ser encontrados aqui.

Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Samy Dana

“Pessoal do Bitcoin me odeia, mas não entende o que eu falo”, diz Sammy...

Samy Dana é uma figura conhecida no criptomercado brasileiro, sendo até mesmo um meme na comunidade por causa de suas opiniões negativas sobre o...

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...
Polícia da China

Polícia da China apreende R$ 22 bi em criptomoedas do maior golpe com Bitcoin

A polícia da China apreendeu pelo menos $ 4 bilhões em criptomoedas. Do valor, foram apreendidos uma grande quantidade de bitcoins, cerca de 1%...

Últimas notícias

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...

Polícia da China apreende R$ 22 bi em criptomoedas do maior golpe com Bitcoin

A polícia da China apreendeu pelo menos $ 4 bilhões em criptomoedas. Do valor, foram apreendidos uma grande quantidade de bitcoins, cerca de 1%...

Usuário é banido do PayPal após fazer trade com Bitcoin

Usuários do PayPal que pretendem usar o serviço da empresa para fazer trade com criptomoedas com alta frequência devem ficar atentos, pois isso pode...