Atlas Quantum: Cliente pede R$ 18 milhões na justiça e bloqueio do passaporte de CEO

Siga no

Dois clientes da Atlas Quantum pedem na justiça 435 bitcoins – o equivalente a aproximadamente R$ 18 milhões – e bloqueio de passaporte do CEO da empresa, Rodrigo Marques. 

Os autores do processo, LUÍS RENATO possui a quantia de 188 bitcoins na Atlas, PAULO GUSTAVO possui 256 BTCs, juntos, acionaram a justiça após a Atlas não honrar um acordo.

De acordo com o processo (1091568-13.2019.8.26.0100), a Atlas fez um acordo com os clientes e prometeu realizar a transferencia de 115 bitcoins para cada um deles no dia 13 de setembro de 2019 (sexta-feira), mas não honrou.

Ou seja, mesmo diante da tentativa de resolução amigável, de forma extrajudicial, as Requeridas não honraram com o compromisso, ocasião em que não restou outro alternativa senão o ajuizamento da presente demanda.

Com medo de uma prossível fuga do CEO da Atlas, além de pedir na justiça que a empresa devolva os bitcoins investidos na plataforma, os autores do processo pedem também que o passaporte de Rodrigo Marques seja bloqueado.

“Os Autores vêm, por meio desta demanda, requerer a concessão de tutela de urgência de natureza cautelar, nos termos dos artigos 294 e seguintes, cumulada com o artigo 301,
todos do Código de Processo Civil, de modo a, desde já, REQUERER o arresto da quantia de R$ 18.296.782,15 (dezoito milhões duzentos e noventa e seis mil setecentos e oitenta e dois reais e quinze centavos) nas contas de titularidade das Requeridas, valor este correspondente, nesta data, do montante de 435,63767023 bitcoins existentes nas contas dos Autores, e bloqueados para transferências e saques pelas Requeridas.”

“Ademais, para evitar-se o risco de fuga do sócio das Empresas Requeridas, uma vez que os Autores possuem conhecimento de que o mesmo possui residência em diversos países,
REQUER-SE o bloqueio do passaporte do Sr. RODRIGO MARQUES DOS
SANTOS, brasileiro, empresário, residente a rua …”

Atlas Quantum com dificuldades de pagar clientes

Após a veiculação da notícia de que a Comissão de Valores Imobiliários (CVM) proibiu a Atlas de ofertar investimentos em bitcoins, a empresa passou a não conseguir honrar seus compromissos com os clientes, aumentando os prazos de saques para até 30 dias.

No Reclame Aqui, vários clientes continuam registrando reclamações de atrasos de saques, e funcionários da empresa começaram a deletar a Atlas de seus perfis.

Em resposta a reportagem do Livecoins, a Atlas enviou a seguinte nota:

“O Atlas Quantum informa que, quando notificado, se manifestará nos autos do processo. Sobre a questão dos saques, a empresa acrescenta que está trabalhando para resolvê-la no prazo mais breve possível.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Gary Gensler. Imagem: Divulgação/ U.S. Senate

Presidente da SEC diz que Bitcoin é uma reserva de valor digital e escassa

O novo presidente da SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, disse na manhã desta sexta-feira (07) à CNBC que o Bitcoin "é...
NFT do Atlético Mineiro é lançado pelo clube

Atlético Mineiro leiloa NFT pela primeira vez no Brasil e lança colecionáveis no “Cartola”...

O mundo dos tokens artísticos chama cada vez mais atenção de empresas no Brasil e agora também no mundo do futebol. O Atlético Mineiro...
Elon Musk alerta sobre criptomoedas. Imagem: TMZ

Em meio alta da Dogecoin, Elon Musk faz alerta: “Cuidado”

Elon Musk - um dos maiores defensores das criptomoedas e em especial da Dogecoin - fez um alerta para os investidores que esperam lucrar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias