Atlas Quantum não devolve bitcoins para dois investidores e é multada em R$172 mil

O juiz, em novembro, solicitou devolução dos bitcoins em até cinco dias úteis e estipulou multa de R$ 1.000 em caso de descumprimento da medida.

-

Siga no
Atlas. Foto Renata Santos, Livecoins
Atlas. Foto Renata Santos, Livecoins
Anúncio

Em novembro do ano passado, a Justiça de São Paulo condenou a Atlas Quantum a devolver quase 20 bitcoins a dois investidores. A empresa não transferiu os criptoativos e, por causa disso, vai ter que pagar também uma multa de R$ 172 mil.

A sentença foi proferida pelo juiz Claudio Antonio Marquesi na quinta-feira (16) e já está disponível no site do Tribunal de Justiça de São Paulo. “Proceda-se ao bloqueio da multa acumulada, conforme valor indicado pelo autor (R$ 172 mil)”, disse o magistrado.

A decisão é de 1ª Instância e cabe recurso. A Atlas Quantum, conforme informado à equipe de reportagem do Livecoins em outras ocasiões, não comenta processos judiciais.

Entenda o caso

Anúncio

Um dos investidores tem 10.52 bitcoins e o outro 19.50 bitcoins na plataforma de negociação de criptomoedas da startup. Em outubro do ano passado, eles solicitaram resgate dos criptoativos, mas o pedido foi recusado. Por causa disso, eles entraram com uma ação contra a Atlas Quantum na Justiça de São Paulo.

“No processo, em vez de pedirmos o arresto do valor dos bitcoins das contas da Atlas, que é uma medida vista como agressiva por muitos juízes, pedimos a devolução dos bitcoins dos dois clientes, que foi deferido”, disse o advogado Tato Jacopetti, do escritório TSJP, ao portal Livecoins.

O juiz, em novembro, solicitou devolução dos bitcoins em até cinco dias úteis e estipulou multa de R$ 1.000 em caso de descumprimento da medida.

Atlas Quantum descumpriu todas as medidas

A empresa de Rodrigo Marques dos Santos não transferiu os criptoativos no tempo determinado e, por causa disso, a Justiça estipulou uma nova multa, dessa vez no valor de R$ 5.000.

“Diante do descumprimento da liminar, majoro a multa diária para R$5.000,00, limitada ao valor da causa. Fica o réu intimado a cumprir a obrigação em 3 dias, sob pena de incidência da nova multa”, diz trecho da sentença.

Como a empresa não cumpriu de novo a determinação judicial, a Justiça, então, condenou a startup a pagar a multa de R$ 172 mil.

O que a acontece agora?

Com a nova decisão, o Tribunal fez o bloqueio de R$ 172 mil das contas da empresa por meio do sistema Bacenjud, que interliga a Justiça ao Banco Central. Nessa etapa, é feito uma análise de todas as contas com nome da Atlas Quantum.

“Nas próximas horas, portanto, vamos saber se os sócios dilapidaram o patrimônio ou não. Se a empresa não tiver um real na conta, será uma situação muito grave”, falou o advogado Jacopetti.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).

Leia mais

Últimas notícias

“Se você acha que imposto é roubo, chama a polícia”, diz Kim Kataguiri

Em um entrevista para o canal Letícia Shirakiin, o Deputado Federal Kim Kataguiri foi questionado se imposto é roubo. A resposta veio em tom de...

Surge o Primeiro Case da Hathor

Pois então que surge espontaneamente o primeiro caso de uso da blockchain brasileira Hathor. Vou contar como isso aconteceu. Bem, o time concebeu a...

Google fala sobre golpe com Bitcoin

No podcast mais recente do Google, três especialistas da gigante das buscas comentaram sobre um tipo de golpe que envolve Bitcoin. No tópico que falava...