Autoproclamado criador do Bitcoin perde processo, mas a história não acabou

Craig Wright, também chamado de CSW ou Faketoshi (falso Satoshi), não imaginava que Granath conseguiria aguentar seu processo, quanto mais pensar que ele teria dinheiro, disposição e principalmente coragem para também processá-lo.

Embora afirme ser Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, Craig Wright nunca conseguiu provar nada. Com isso, muitas pessoas já o chamaram de golpista, afinal, ele estaria enganando quem quisesse ser enganado para obter uma fama que não lhe pertence.

Uma destas pessoas que acusou Wright de ser não apenas um golpista como uma fraude foi um usuário chamado Hodlonaut. Apesar de possuir poucos seguidores naquela época, suas palavras incomodaram Wright, que, assim como em outros casos, rapidamente procurou a justiça, processando Magnus Granath por difamação.

Entretanto, Granath realizou uma jogada de xadrez para virar este jogo. Afinal, antes de ser processado no Reino Unido, Hodlonaut processou Wright na Noruega.

Além disso, Wright não imaginava que um homem comum seria páreo para enfrentar seu time jurídico. Contudo, a situação de Granath chamou a atenção da comunidade, rendendo doações equivalentes a mais de R$ 7 milhões para lutar contra um cara que todos já estão cansados de ouvir.

Nesta quinta-feira (20), Magnus “Hodlonaut” Granath, agora famoso e com mais de 69 mil seguidores, comemorou a decisão da corte norueguesa, afirmando que venceu o processo contra o falso criador do Bitcoin.

“Eu venci. Bem-vindo à lei.”

Hodlonaut ganhou, mas a batalha judicial não acabou

Em outro comentário, Granath aponta que a batalha não acabou e que ele ainda está sendo processado no Reino Unido. Contudo, está animado com a decisão, afirmando ter “certeza de que esse julgamento será usado de maneiras diferentes daqui para frente.”

Ou seja, Craig Wright, também chamado de CSW ou Faketoshi (falso Satoshi), não imaginava que Granath conseguiria aguentar seu processo, quanto mais pensar que ele teria dinheiro, disposição e principalmente coragem para também processá-lo.

Quanto a ser o criador do Bitcoin, Wright falhou novamente em provar suas falas. Como desculpa para não assinar uma mensagem com o endereço de Satoshi Nakamoto, o falsário depôs que pisou no HD que dava acesso às famosas chaves privadas que, além de provar sua identidade, estão avaliadas em mais de R$ 100 bilhões.

Por fim, este é um dia importante para toda comunidade do Bitcoin. Afinal, Hodlonaut não foi o primeiro alvo de Wright. No passado, o cientista da computação também processou outros usuários, bem como desenvolvedores do Bitcoin e até mesmo corretoras de criptomoedas.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias