Baleias estão aproveitando queda do Bitcoin para comprar mais

Esse comportamento não é nenhuma novidade. As baleias e os acumuladores costumam a aproveitar momentos de baixa, onde “mãos fracas” despejam mais moedas no mercado.

Siga no
Baleia de Bitcoin
Baleia de Bitcoin

O halving do Bitcoin foi um momento muito aguardado por todos que acompanham o ecossistema da criptomoeda. Nos dias seguintes após o halving, o Bitcoin acabou subindo para a casa dos US$ 9.500 e ficou confortável por lá, às vezes flertando com a resistência de US$ 9.800 e até US$ 10.000. Depois desse período, no entanto, a moeda caiu mais de US$ 500 em um único dia, antes e assumir uma negociação lateral.

Enquanto a moeda continua se esforçando para se alcançar a resistência de US$ 9.000, pode parecer que o mercado está pessimista. No entanto, dados mostram que as baleias estão aproveitando o momento para acumular ainda mais.

A empresa de análise do criptomercado, Santiment, publicou no Twitter um gráfico mostrando um recente aumento no acúmulo de Bitcoin durante a movimentação negativa. Esses são endereços que sempre apresentam esse comportamento de buy the dip.

“Desde a queda do Bitcoin abaixo de US$ 9.500, no dia 20 de maio, endereços com mais de 100 Bitcoins adicionaram outros 12.000 BTC às suas carteiras – Mais de US$ 108 milhões em preços atuais.”

Gráfico mostrando o acúmulo nos últimos 5 dias. Fonte: Santiment.

Esse comportamento não é nenhuma novidade. As baleias e os acumuladores costumam a aproveitar momentos de baixa, onde “mãos fracas” despejam mais moedas no mercado. Geralmente, essas moedas acumuladas depois são vendidas em momentos de alta, com as baleias realizando lucros em cima do que acumularam.

A Santiment apontou que:

“Esses endereços costumam acumular durante quedas e despejar suas bags logo antes de uma grande alta de curto prazo acontecer. A história vai se repetir?”

O que aguarda o Bitcoin no Futuro?

Bitcoin Gráfico
Bitcoin Gráfico – Imagem Cortesia do Flickr

Como sempre, é muito difícil saber o que vem pela frente no mercado de criptomoedas. No  entanto, é de comum conhecimento que Baleias podem manipular o mercado e já fizeram isso no passado.

Enquanto não dá para saber se elas vão elevar o preço do Bitcoin (ou derrubar), é possível dizer que esse acumulo recente já tem um certo tempo, até ganhando força em um período pré-halving.

Esse interesse se torna positivo após um tempo, afinal, aumenta a demanda por uma moeda que acabou de diminuir a sua oferta. O risco fica por conta de quando eles decidirem vender esses muitos BTC.

É por isso que é importante tomar cuidado com o mercado antes de decidir investir. Lembrando que esse artigo não deve ser considerado como dica de investimento.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....
Divulgação/Goldman Sachs

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...
Bitcoin em fevereiro de 2021

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...

Desenvolvedores voltam a atualizar Dogecoin

No meio da alta recorde das criptomoedas no ano passado, a Dogecoin (DOGE) se destacou como uma ovelha negra. Ela valorizou 2100% no intervalo...

Citibank: Bitcoin pode se tornar uma moeda de comércio global

O Bitcoin está em um "ponto de inflexão" e pode se tornar a moeda preferida para o comércio internacional, disseram analistas do gigante bancário...