Baleias seguem acumulando Bitcoin e controlam quase metade da oferta total

Segundo a Glassnode, as baleias seguem realizando ciclos de acumulação e distribuição. Comprando na baixa e vendendo na alta, hoje estas baleias já dominam quase metade da oferta total de Bitcoin.

Baleia de Bitcoin mergulhando
Baleia de Bitcoin mergulhando

Um estudo da Glassnode aponta que as baleias com mais de 1.000 BTC na carteira seguem acumulando durante a baixa do Bitcoin. No momento, tais endereços são responsáveis por 45,6% da oferta do bitcoin.

No total, estas baleias possuem 8,69 milhões de bitcoin, um número expressivo quando comparado aos 19 milhões de moedas em circulação. A estratégia parece simples: comprar na baixa, vender na alta e repetir o ciclo.

Do outro lado, pequenos investidores com menos de 1 BTC em seus endereços parecem estar apreendendo. Chamados “camarões”, estes investidores estão abocanhando cerca de 37 mil bitcoins por mês e, no agregado, já possuem 1,12 milhões de BTC.

Baleias de Bitcoin seguem com a mesma estratégia

Segundo a Glassnode, as baleias seguem realizando ciclos de acumulação e distribuição. Comprando na baixa e vendendo na alta, hoje estas baleias já dominam quase metade da oferta total de Bitcoin.

“Essas entidades também estão aumentando seu saldo agressivamente,” escreve a Glassnode. “Adquirindo 140 mil BTC/mês diretamente de exchanges.”

“As baleias agora possuem 8,69 milhões de BTC (45,6% de oferta)”

Acumulação de Bitcoin por baleias, com saldos maiores que 1.000 BTC. Fonte: Glassnode
Acumulação de Bitcoin por baleias, com saldos maiores que 1.000 BTC. Fonte: Glassnode

Contrariando esta estratégia estão os mineradores de Bitcoin. Segundo a Glassnode, estes estão vendendo cerca de 3 a 4 mil bitcoins por mês no mercado aberto. O motivo pode ser o pagamento de empréstimos, bem como uma reestruturação de seus caixas.

Pequenos investidores estão aprendendo com as baleias

Ao nadar na mesma direção da correnteza, tudo fica mais fácil, até mesmo para os menores. Ainda segundo a Glassnode, os chamados camarões — que possuem menos de 1 BTC — estão aproveitando a queda de preço para acumular mais satoshis.

“Os camarões estão comprando 36,75 mil BTC/mês,” escreve a Glassnode. “Representando 0,2% da oferta em circulação, e 1,36x a emissão mensal.”

“Os camarões agora detêm 1,12 milhão de BTC no total.”

Acumulação de Bitcoin por pequenos investidores, com saldos menores que 1 BTC. Fonte: Glassnode
Acumulação de Bitcoin por pequenos investidores, com saldos menores que 1 BTC. Fonte: Glassnode

No gráfico acima também é possível observar que estamos no período de maior acumulação por pequenos investidores nos últimos três anos. Portanto, estes estão aprendendo que comprar na baixa é metade da receita para lucrar.

Portanto, enquanto diversas empresas bilionárias estão em processo de falência após uma má gestão, que também as obrigou a vender suas moedas, esta parece ser a melhor hora para comprar Bitcoin barato.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias