“Bananas ainda são melhores que Bitcoins”, reafirma famoso bilionário

Em sua comparação original com as bananas, Cuban afirmou que era mais fácil usar as frutas como moeda de troca do que usar o Bitcoin.

Siga no

Mark Cuban, famoso bilionário, dono de um dos principais times de Futebol Americano dos EUA e membro do Shark Tank, voltou a criticar o Bitcoin de forma bem peculiar, afirmando mais uma vez que Bananas são melhores que o Bitcoin.

Cuban ficou notório dentro do mercado após ter feitos críticas pesadas contra o Bitcoin, inicialmente, falando que a maior criptomoeda do mundo valia menos do que bananas. Mark aparentemente continua a acreditar nisso, como ele demonstrou em um recente tuíte.

Em resposta a um outro tuíte, sobre um podcast de Andrea Antonopoulos com o título “Bananas on Blockchain”, Mark disse:

“Leva um minuto para comer uma banana. Quando tempo leva para uma transação do Bitcoin ser completada?

A blockchain oferece potássio? Você sabia que mais bananas são consumidas nos EUA do que laranjas e maçãs combinadas?”

Como é possível notar, há um tom de brincadeira na postagem de Mark Cuban sobre o Bitcoin, no entanto, as suas críticas estão diretamente relacionadas com o como o Bitcoin continua falhando em se consolidar como uma moeda de troca amplamente aceita.

Em sua comparação original com as bananas, Cuban afirmou que era mais fácil usar as frutas como moeda de troca do que usar o Bitcoin. Apesar do exagero entre a comparação, ele tem razão em relação à dificuldade para todos adotarem o Bitcoin.

“Você vai ter que tornar o Bitcoin sem fricção a ponto da sua avó poder usar. O fato de que estamos discutindo tanto sobre isso, e existem vários pontos de vistas sobre o Bitcoin, é prova disso, de que ele é difícil [de usar].”, disse Cuban em entrevista.

Bitcoin está perdendo a chance de se tornar uma moeda

Bilionário Mark Cuban, crítico do Bitcoin (BTC)?
Bilionário Mark Cuban – Reprodução/flickr

Até mesmo aqueles que são apoiadores do Bitcoin devem reconhecer que a moeda está ficando para trás na questão da adoção como uma moeda utilizada para o dia a dia, para substituir o dinheiro para o público geral.

Não que a adoção do Bitcoin esteja baixa, mas ela está focada em investidores institucionais e aos poucos vem ganhando muito mais o status de safe heaven ou, de reserva de valor em momentos de crise.

Com esse ponto de uso do Bitcoin, até mesmo Mark Cuban concorda e faz elogios à moeda. No entanto, mesmo o Bitcoin não valendo menos (ou sendo menos úteis que bananas) é preciso reconhecer que em alguns lugares é mais fácil usar a fruta para escambo do que a moeda que nasceu para ser o novo dinheiro universal.

Não é um defeito do Bitcoin, mas é um ponto em que a comunidade tem que se esforçar para trazer mais da visão original por trás da criação da moeda.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias