“Bananas ainda são melhores que Bitcoins”, reafirma famoso bilionário

Em sua comparação original com as bananas, Cuban afirmou que era mais fácil usar as frutas como moeda de troca do que usar o Bitcoin.

Siga no

Mark Cuban, famoso bilionário, dono de um dos principais times de Futebol Americano dos EUA e membro do Shark Tank, voltou a criticar o Bitcoin de forma bem peculiar, afirmando mais uma vez que Bananas são melhores que o Bitcoin.

Cuban ficou notório dentro do mercado após ter feitos críticas pesadas contra o Bitcoin, inicialmente, falando que a maior criptomoeda do mundo valia menos do que bananas. Mark aparentemente continua a acreditar nisso, como ele demonstrou em um recente tuíte.

Em resposta a um outro tuíte, sobre um podcast de Andrea Antonopoulos com o título “Bananas on Blockchain”, Mark disse:

“Leva um minuto para comer uma banana. Quando tempo leva para uma transação do Bitcoin ser completada?

A blockchain oferece potássio? Você sabia que mais bananas são consumidas nos EUA do que laranjas e maçãs combinadas?”

Como é possível notar, há um tom de brincadeira na postagem de Mark Cuban sobre o Bitcoin, no entanto, as suas críticas estão diretamente relacionadas com o como o Bitcoin continua falhando em se consolidar como uma moeda de troca amplamente aceita.

Em sua comparação original com as bananas, Cuban afirmou que era mais fácil usar as frutas como moeda de troca do que usar o Bitcoin. Apesar do exagero entre a comparação, ele tem razão em relação à dificuldade para todos adotarem o Bitcoin.

“Você vai ter que tornar o Bitcoin sem fricção a ponto da sua avó poder usar. O fato de que estamos discutindo tanto sobre isso, e existem vários pontos de vistas sobre o Bitcoin, é prova disso, de que ele é difícil [de usar].”, disse Cuban em entrevista.

Bitcoin está perdendo a chance de se tornar uma moeda

Bilionário Mark Cuban, crítico do Bitcoin (BTC)?
Bilionário Mark Cuban – Reprodução/flickr

Até mesmo aqueles que são apoiadores do Bitcoin devem reconhecer que a moeda está ficando para trás na questão da adoção como uma moeda utilizada para o dia a dia, para substituir o dinheiro para o público geral.

Não que a adoção do Bitcoin esteja baixa, mas ela está focada em investidores institucionais e aos poucos vem ganhando muito mais o status de safe heaven ou, de reserva de valor em momentos de crise.

Com esse ponto de uso do Bitcoin, até mesmo Mark Cuban concorda e faz elogios à moeda. No entanto, mesmo o Bitcoin não valendo menos (ou sendo menos úteis que bananas) é preciso reconhecer que em alguns lugares é mais fácil usar a fruta para escambo do que a moeda que nasceu para ser o novo dinheiro universal.

Não é um defeito do Bitcoin, mas é um ponto em que a comunidade tem que se esforçar para trazer mais da visão original por trás da criação da moeda.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Gráfico de preço da Cardano em alta

Cardano líder em número de desenvolvedores? Não caia nessa!

Um estudo de atividades no GitHub, principal repositório do código-fonte das criptomoedas, mostrou a Cardano na liderança nos últimos 12 meses. Os dados foram...

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias