Banco do Reino Unido diz que não quer clientes que se envolvam com criptomoedas

Siga no

NatWest, um banco do Reino Unido, anunciou esta semana que não quer relação com empresas que aceitem pagamentos em Bitcoin ou qualquer outra criptomoeda, classificando os ativos digitais como de “alto risco”.

O banco está adotando uma “abordagem cautelosa” em relação às criptomoedas e monitorará de perto qualquer mudança de tom do regulador do Reino Unido, que alertou  recentemente que os investidores podem ‘perder tudo’ ao comprar criptomoedas.

O banco segue a postura do HSBC, que recentemente afirmou que não permitirá que seus clientes comprem ações de empresas associadas com criptomoedas, como a Coinbase ou MicroStrategy.

O sentimento de ambos os bancos é que as criptomoedas representam sérios riscos e, portanto, justificam uma abordagem cautelosa, embora eles afirmem que essa postura pode mudar quando a regulamentação evoluir.

“Não temos interesse em lidar com os clientes cujo negócio é respaldado por criptomoedas […]”, disse um representante do banco durante um evento online para acionistas.

“Consideramos as criptomoedas de alto risco e estamos adotando, por isso, uma abordagem cautelosa. É uma área em que a regulamentação está em evolução e, obviamente, responderemos a isso conforme as coisas mudam”, acrescentou.

Recusar clientes

O banco também disse que vai conduzir investigações para qualquer cliente que se envolva com criptomoedas, já que os ativos digitais “estão relacionadas com lavagem de dinheiro e negociações no mercado negro.”

O movimento do banco o coloca contra a tendência no setor financeiro, que é cada vez mais vê as criptomoedas como potencialmente o futuro da economia.

A decisão também significa que o banco pode ter que recusar grandes empresas como clientes, como por exemplo a Tesla, WeWork e várias outras que estão aceitando pagamentos por seus serviços e produtos em criptomoedas.

O banco, portanto, vai na contramão de outros grandes bancos, como o JPMorgan, Goldman Sachs, Citi, BNY Mellon e outros, que adoram postura pró-criptomoedas.

A decisão do banco ecoa um alerta feito pelo cão de guarda financeiro do país, a Financial Conduct Authority (FCA), que afirmou que “os investidores de criptomoedas estão assumindo grandes riscos financeiros”.

Banco teme perder mercado para o Bitcoin

O banco Natwest está envolvido em diversas polêmicas ao longo da história, ele foi um dos primeiros do Reino Unido a introduzir cobrança de taxas de juros negativas contra seus clientes.

Muitos defensores das criptomoedas podem afirmar que ele é um bom exemplo do motivo de o Bitcoin ter sido criado.

Ao que parece, o banco teme perder uma fatia do mercado para as moedas digitais.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Primeiro ETF de Bitcoin na NYSE

Primeiro ETF de Bitcoin na NYSE inaugura com grande volume

O primeiro ETF de Bitcoin foi listado na NYSE nesta terça-feira (19), fazendo história como um dos 15 maiores já listados na bolsa norte-americana...
Símbolo da Binance em caldeirão pressão autoridades policias

Binance bloqueia conta de 20 clientes a pedido da polícia

A corretora Binance bloqueou pelo menos 20 clientes de acessar suas contas, a pedido da polícia para uma investigação internacional. O caso aconteceu na Colômbia...
Monte de Bitcoin observado por um touro ao fundo alta do preço cotação

Bitcoin dobrou de valor desde banimento na China

As preocupações econômicas do Bitcoin devido aos banimentos do Bitcoin na China, bem como a sua crise imobiliária, acabaram ficando para trás conforme o...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias