Binance anuncia remoção de 7 pares de criptomoedas, veja a lista

Enquanto quatro criptomoedas eram operadas contra stablecoins, outras quatro eram negociadas contra BTC, ETH e BNB.

A Binance, maior corretora cripto do mundo, anunciou nesta quarta-feira (26) a remoção de 7 pares de criptomoedas de sua plataforma. Segundo o texto, a decisão pode ter sido tomada por diversos fatores, incluindo baixa liquidez e volume.

A remoção surpreende por envolver criptomoedas famosas como Chainlink (LINK), Blur (BLUR) e Shiba Inu (SHIB). No entanto, essas e outras moedas ainda estarão disponíveis para compra e venda através de outros pares na corretora.

A deslistagem acontecerá já nesta sexta-feira (28) à meia-noite pelo horário de Brasília.

Binance removerá 7 pares de negociação de sua plataforma

Dados do CoinMarketCap revelam que a Binance oferece 420 moedas aos seus usuários, disponibilizadas em 1.645 pares diferentes. Portanto, listagens e remoções fazem parte da manutenção da corretora, sendo algo comum.

No anúncio publicado nesta quarta-feira, a Binance revelou que estará removendo 7 pares de negociação já na próxima sexta-feira. São eles:

  • BLUR/FDUSD;
  • LINK/TUSD;
  • MEME/ETH;
  • METIS/FDUSD;
  • NFP/BNB;
  • OSMO/BTC;
  • SHIB/TUSD.

Como pode ser visto, os pares não seguem nenhum padrão. Enquanto quatro criptomoedas eram operadas contra stablecoins, outras quatro eram negociadas contra BTC, ETH e BNB. Dado isso, o motivo está ligado a baixa procura por esses pares.

A remoção não teve grande impacto no preço das moedas afetadas. Shiba Inu (SHIB), por exemplo, opera em alta diária de 0,4%, acompanhando a leve valorização do Bitcoin. Tanto Chainlink (LINK) quanto NFPrompt (NFP) estão subindo 0,3%, sem grandes mudanças.

Os piores desempenhos ficam para Blur (BLUR) com −6,3% e Memecoin (MEME) com −2,3%. Na sequência aparecem Osmosis (OSMO) com −2,1% e Metis (METIS) com −1%.

Já a moeda da Binance, a BNB, está sendo negociada por US$ 572 no momento desta redação, apresentando uma leve alta de 0,1% no dia.

Banimento de usuários

Outra notícia sobre a Binance que chamou a atenção do mercado nesta manhã foi o banimento de 297 contas que estavam burlando o sistema de airdrop realizado pela corretora.

Segundo a denúncia, uma única conta estava ligada a outras 9.000 contas verificadas, usadas para receber criptomoedas no último Megadrop da criptomoeda Lista DAO (LISTA).

O sistema da corretora se mostrou eficaz, identificando os golpistas que estavam causando perdas aos outros usuários do evento. De qualquer forma, isso mostra como os sistemas de KYC não são tão eficazes como parecem.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias