Binance remove criptomoeda que “apanhou da Forbes”

Em conversa com a própria Forbes — mídia que atacou a Helium — Scott Sigel aponta que a integridade do projeto segue a mesma, sem fugir dos padrões exigidos pela Binance.

No final de setembro, a Forbes publicava uma matéria afirmando que desenvolvedores da Helium haviam lucrado mais que os próprios investidores. Já na última quinta-feira (6), a Binance anunciou a remoção de dois pares de negociação da Helium (HNT).

Embora a corretora não tenha apontado os motivos desta remoção, geralmente isso acontece pela falta de atividade ou qualidade do desenvolvimento do projeto, comprometimento da equipe, baixo volume ou até mesmo evidência de comportamento antiético ou fraudulento.

De qualquer forma, o diretor de operações da Helium não concordou com a remoção parcial da sua criptomoeda.

Em conversa com a própria Forbes — mídia que atacou a Helium — Scott Sigel aponta que a integridade do projeto segue a mesma, sem fugir dos padrões exigidos pela Binance.

“Não há base para a Binance excluir vários pares de HNT. Não houve nenhuma mudança na integridade do HNT e [a criptomoeda] continua atendendo todos os padrões que a exchange define.”

Remoção da Helium (HNT) pela Binance segue pressionando preço da criptomoeda

No momento, a Binance não removeu a Helium (HNT) por completo. Portanto, a criptomoeda ainda pode ser negociada na corretora através do par HNT/BUSD, operado contra a própria stablecoin da Binance.

Mesmo assim, a Helium já perdeu 20% de seu valor desde a decisão da maior corretora do mundo, há quatro dias. Olhando para o quadro inteiro, a HNT já desvalorizou 92% desde seu topo histórico no ano passado.

A pressão é natural, afinal a exclusão por parte da Binance mostra que algo não está correto no projeto, mesmo que não tenha declarado o que.

Além disso, também é esperado uma perda de volume e liquidez com a retirada destes pares. Em outras palavras, isso afugenta investidores — principalmente baleias — que precisam realizar grandes compras e vendas sem grandes mudanças no preço.

Por fim, Jessica Jung da Binance comentou à Forbes que ativos listados na corretora devem seguir um padrão de alto nível.

“Quando uma moeda ou token não atende mais a esse padrão ou há mudanças no setor, realizamos uma análise mais aprofundada e potencialmente removemos a lista para proteger nossos usuários.”

O estranho, entretanto, é a Binance ter mantido um par de negociações de HNT quando poderia ter removido-a por completo, caso tivesse provas de que tal projeto está violando seus padrões.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias