Bitcoin agora é parte do sistema financeiro, diz editor da Bloomberg

Siga no

Eddie van der Walt, editor na Bloomberg, mostrou suas previsões para o setor de criptomoedas em 2022, mostrando-se muito otimista em relação ao Bitcoin após lembrar os acontecimentos que aconteceram no ano passado.

Dentre os pontos observados está o IPO da Coinbase, exchange americana, bem como a aprovação dos primeiros ETFs de Bitcoin nos EUA que, embora sejam de futuros, ajudam a introduzir as criptomoedas como ativos comuns.

Já outras criptomoedas, estas seguem na sombra do BTC. Apesar disso, é válido notar que algumas soluções estão entrando em setores que vão muito além do financeiro, como no caso dos NFTs.

Infraestrutura financeira

A visão de van der Walt mostra um futuro promissor para as criptomoedas, muito disso deve-se a infraestrutura que está sendo criada ao seu redor.

“Ano passado foi um ano selvagem, mas houve vários avanços no setor das criptomoedas. Eu acho que vimos as criptomoedas realmente tornarem-se parte do [sistema] financeiro. Há um ano ou dois, as pessoas ainda argumentavam que as criptomoedas iriam para zero e que não tinham valor, eu acho que ninguém mais fala isso, pois agora nós temos ETFs, IPOs no setor e temos contratos futuros que tem liquidez.”, afirmou Eddie van der Walt, editor na Bloomberg

Além do crescimento de empresas do próprio mercado, como exchanges, também estamos vendo players externos juntando-se ao movimento. Isso inclui empresas de pagamento como Visa e PayPal, porém vai além e também conta com o interesse de bancos tradicionais.

“Então eu acho que agora existe uma infraestrutura financeira que está aberta para investidores instituicionais e eles escolheram o Bitcoin. Eu acho que, por estas razões, o ano passado foi um avanço e criou um futuro muito interessante para as criptomoedas”

Bitcoin passou no teste do tempo

Assim como Ray Dalio, van der Walt também acredita que o Bitcoin passou no teste do tempo e que agora tanto indivíduos quanto instituições estão mais seguras para usá-los em seus portfólios.

“O Bitcoin passou por complicações em seus primeiros anos, porém agora ele está entrando na sua juventude e [agora] o setor das criptomoedas vai realmente definir o que ele é, o que ele significa e o que nós vamos fazer com ele”

Nesta segunda-feira (3), o Bitcoin completou 13 anos e além as conquistas citadas acima no ano passado, também é importante notar que ele tornou-se o ativo mais rápido a atingir uma capitalização de mercado de 1 trilhão de dólares.

Por fim, com cada vez mais conhecimento sobre o Bitcoin sendo passado entre as pessoas, só é possível imaginar um futuro para ele, uma adoção cada vez maior. Já outras criptomoedas, provavelmente continuarão aproveitando este movimento, desbravando outras áreas como arte e jogos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Há mais de 5 anos trabalhando com criptomoedas, hoje escrevo artigos e notícias para o Livecoins.

Governo da Bulgária quer saber onde estão 213 mil bitcoins apreendidos em 2017

A apreensão de criptomoedas por autoridades governamentais se tornou algo comum recentemente, mas o que acontece quando essas criptomoedas apreendidas somem? É isso que...
Imagem da MetaMask, carteira de criptomoedas roubo falha golpe

Saldo na Metamask some e usuário lamenta: “Covardia com investidor”

No final do ano passado uma situação começou a preocupar bastante alguns usuários da carteira Metamask, que levaram um susto ao notar que os...
Viatura da PM de Cabo Frio em ronda

Empresa suspeita de pirâmide com criptomoedas é alvo de reclamações em Cabo Frio

Cabo Frio vê uma nova possível pirâmide com criptomoedas ser alvo de reclamações públicas de clientes. Em 2021, a cidade que ficou conhecida como...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias