Bitcoin bate recorde de dois fundamentos com preço em alta

São poucos no Brasil, com maioria saindo para internet pela rede Claro.

Homem com Bitcoin nos olhos
Homem com Bitcoin nos olhos

Com o preço do Bitcoin em alta nesta segunda-feira (14), dois fundamentos do mercado se mantém em recorde, mostrando que o movimento é importante e acompanhado de forte adoção.

As vantagens de se executar um node de Bitcoin são várias, sendo a privacidade talvez uma das mais importantes. Além disso, dá ao endereço do node vantagens na custódia da moeda, feita em uma carteira própria.

Outro ponto que deve ser acompanhado é o número de carteiras criadas para guardar Bitcoin, métrica que também segue crescendo e alcança novos recordes. Com ampla adoção a rede e o assunto em alta pelo mundo, o setor chama atenção neste início de semana.

Bitcoin mantém recorde de nodes, um dos fundamentos que acompanham preço em alta

Em fevereiro de 2022, o Bitcoin viu pela primeira vez o número de nodes alcançar a marca de 15 mil endereços, sendo que nesta segunda-feira (14) se mantém em 15.007. Vale lembrar que em novembro de 2021, o número de 14 mil nodes era alcançado pela primeira vez, mostrando um rápido crescimento nessa métrica.

Nos últimos cinco anos o crescimento registrado é de 122%, com uma média de 10 mil nodes em funcionamento, ou seja, com os 15 mil atuais o setor vê a segurança da rede acima do visto nos últimos anos e crescendo.

Embora o preço do Bitcoin tenha despencado em fevereiro e março de 2022, principalmente por temores com a Guerra entre Rússia e Ucrânia, o fundamento da rede continuou subindo. Nesta segunda, o Bitcoin segue valorizando 2,5%, ao sair de US$ 37.780,00 para US$ 38.730,00.

Número de nodes é o maior dos últimos cinco anos, mostrando que muitos usuários estão investindo na segurança da rede
Número de nodes é o maior dos últimos cinco anos, mostrando que muitos usuários estão investindo na segurança da rede. Bitnodes

No Brasil são apenas 47 nodes criados, o que representa 0,31% do total mundial, com 18 desses endereços conectados pela rede da operadora Claro, segundo o BitNodes, o que coloca o país na posição 23 do ranking mundial.

40 milhões de usuários de carteiras ativas

Uma empresa de estudos do Bitcoin, que utiliza até Inteligência Artificial em seus estudos, divulgou nesta segunda outro ponto importante para a rede. Isso porque, segundo estudo da IntoTheBlock, há um recorde de endereços ativos com Bitcoin, se aproximando da marca de 40 milhões.

Segundo a empresa, mesmo com a tendência de queda no preço do Bitcoin em 2022, 888 mil novos endereços surgiram com saldo, indicando que a rede segue sendo usada.

“Recorde de Holders: O número de endereços com $BTC continua estabelecendo novos recordes. Os endereços de Bitcoin com saldo atingiram um recorde de quase 40 milhões. Mesmo com a tendência de queda do BTC em 2022, a rede adicionou um total de 888.000 novos endereços com saldo.”

E esses dois fundamentos são apenas dois que mostram o momento bom do Bitcoin, que também viu parlamentares da Europa negar um projeto para banir a mineração da rede, além de diferentes casos de uso de ucranianos que estão usando a moeda digital para sobreviver em uma guerra.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias