Bitcoin deixado como herança será divido por família no Distrito Federal

Em inventário, justiça pediu que família deixasse clara a quantia de moedas a ser partilhada.

Siga no
Várias criptomoedas perto de um carrinho de compra alternativas Ethereum Bitcoin Dogecoin Litecoin Monero
Várias criptomoedas perto de um carrinho de compra

O Bitcoin é uma moeda digital, mas também um bem, sendo utilizado por muitas pessoas como reserva de valor. Em um processo de inventário que corre no Distrito Federal uma quantia da criptomoeda foi deixada como herança e está sendo dividida entre os membros de uma família.

Em casos de falecimento de detentores de Bitcoin, é comum que as moedas sejam perdidas para sempre. Isso porque, algumas pessoas não confiam em ninguém, deixando suas posses em segredo absoluto.

No entanto, um brasileiro informou sua família de seus investimentos em Bitcoin antes de falecer. Assim, o patrimônio deixado para sua família poderá ser repartido entre três pessoas.

Bitcoin deixado como herança é dividido entre família de falecido

No início do ano de 2018, um homem faleceu no Distrito Federal, deixando alguns bens para sua família. Entre os bens deixados como herança, uma quantia em Bitcoin foi encontrada pelas duas filhas e viúva.

O caso segue acompanhado pela 1.ª Vara de Família e de Órfãos e Sucessões do Gama, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Analisando o pedido, o juiz entendeu que a família entrou em acordo absoluto sobre a divisão do bem, tratando o caso como arrolamento sumário.

“…Em síntese, as interessadas indicam a fração de 0,03267481 de moeda digital bitcoin, sendo que as herdeiras 1 e 2 pretendem o reconhecimento de renúncia de suas cotas em favor da meeira 3”

Antes de decidir pela divisão do bem, o juiz ainda pediu mais detalhes sobre o bem que pretendiam partilhar, como quantidade, tipo, e valor correspondente em Real brasileiro.

B) a relação completa e individualizada da MOEDA DIGITAL que pretendem partilhar, ou seja, além do tipo/espécie, a quantidade ou fração, além do correspondente valor atual em moeda corrente do país (R$), e empresa que a administra (inciso IV)

Justiça pede que Fazenda do Distrito Federal avalie incidência de impostos sobre o Bitcoin

As duas filhas deixaram para a viúva do antigo trader de Bitcoin a quantia equivalente a R$ 6.194,25. O juiz decidiu que a Fazenda do Distrito Federal deverá julgar se haverá incidência de impostos ao valor, devendo ser pago pela inventariante.

“Considerando que o valor estimado da aludida fração de criptomoeda é de R$ 6.194,25 e para celeridade de tramitação, dê-se vista dos autos à Fazenda Pública do Distrito Federal para manifestar-se quanto a eventual incidência de tributos sobre a transmissão e, caso positivo, desde já, fica intimada a inventariante para o correspondente pagamento.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Senadora Democrata Elizabeth Warren

Senadora dos EUA compara Bitcoin a óleo de cobra

A Senadora Democrata Elizabeth Warren, falou em uma recente entrevista à CNBC que não é contra as pessoas serem livres para investir em Bitcoin,...
Casa a venda por Bitcoin negócio imobiliário

Bitcoin vira garantia em negócio para crédito imobiliário pela primeira vez

Ao tentar obter um crédito imobiliário um credor de uma negociação comprovou ter Bitcoin e conseguiu ter seu financiamento aprovado. Muitas pessoas quando vão ao...
Abilio Diniz, empresário e bilionário brasileiro

O3 Capital, que tem Abílio Diniz como sócio, investe em ETF de criptomoedas

Uma empresa que tem Abilio Diniz como conselheiro investiu em criptomoedas via ETF listado na bolsa de valores brasileira. A aquisição foi feita pela...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias