Bitcoin dispara 5% em uma hora após anúncio do banco central americano

Jerome Powell, presidente do Fed, falando sobre aumento na taxa de juros. Fonte: Reprodução.
Jerome Powell, presidente do Fed, falando sobre aumento na taxa de juros. Fonte: Reprodução.

Após o Federal Reserve, também chamado apenas de Fed, aumentar as taxas de juros em 0,75 ponto percentual na tarde desta quarta-feira (27), o Bitcoin disparou 5% em menos de uma hora, revertendo a queda prévia da semana.

Embora aumento nas taxas de juros não sejam bons para o Bitcoin, pressionando-o para baixo, o motivo da alta de preços é que este valor já era esperado pelo mercado. Ou seja, o maior perigo era um aumento maior, de 1 ponto percentual.

Outras criptomoedas seguiram o mesmo destino do Bitcoin, também em forte recuperação. O destaque maior fica para o Ethereum, buscando fôlego para continuar seu “Rally da Migração” que já havia ajudado a moeda a subir 60% nas últimas semanas.

Aumento da taxa de juros já era esperado por investidores

Com os EUA sofrendo com os maiores níveis de inflação das últimas quatro décadas, o Fed precisou intervir para segurar o poder de compra de sua moeda. Entretanto, o aumento de 0,75 ponto percentual já era esperado por investidores, ajudando a elevar o preço de ações e também criptomoedas.

Este é o quarto aumento no ano feito pelo Federal Reserve, saltando a taxa de juros para 2,25 — 2,5% após o aumento realizado nesta quarta-feira (27). Como destaque, Jerome Powell, presidente do Fed, afirmou que existem riscos dos dois lados, tanto em aumentar muito quanto aumentar pouco a taxa de juros.

Temendo que o aumento fosse maior, e mostrando-se satisfeitos com 0,75 pontos percentuais, investidores de Bitcoin responderam rapidamente à reunião do Fed, fazendo uma grande vela verde aparecer em seu gráfico.

BTC/USD, em alta após reunião do Fed. Fonte: TradingView

Desta forma, o Bitcoin conseguiu reverter os prejuízos acumulados no início da semana, também apresentando um bom volume. Agora, seu desafio é criar uma alta mais alta, rompendo o topo anterior de US$ 24.280, caso queira continuar dando esperança aos touros.

Criptomoedas acompanham Bitcoin após reunião do Banco Central dos EUA

Saindo de uma hora para um dia, a valorização é ainda mais perceptível, saltando mais de 9% nesta quarta-feira. Entretanto, o destaque fica para o Ethereum, tentando continuar com o seu rally da migração.

Somente nas últimas 24 horas, o Ether (ETH) disparou 16,5%, porém, assim como o Bitcoin, precisa criar um novo topo para derrotar os ursos. Já outras criptomoedas seguiram o mesmo caminho das duas maiores do mercado, como mostrado abaixo.

Mapa de calor das criptomoedas, em alta após reunião do Federal Reserve. Fonte: Coin360.

Por fim, parece que o mercado de criptomoedas está mais tranquilo com as falas do Fed, dando esperança de que o fundo já aconteceu e que o segundo semestre pode reverter as quedas do anterior.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias