Bitcoin é o ativo que mais valorizou em janeiro

Após registrar o melhor rendimento de 2020, moeda digital começa 2021 novamente em alta.

Siga no
Gráfico de preço do Bitcoin saindo de celular
Gráfico de preço do Bitcoin saindo de celular

O mês de janeiro chegou ao fim e o Bitcoin foi o ativo com melhor rendimento. Ainda que o registro seja apenas do primeiro mês do ano, o Bitcoin poderia reverter uma história que vem sendo contada nos últimos anos.

Tudo começou em 2020, principalmente após maio daquele ano, quando o halving do Bitcoin aconteceu e moeda digital viu cair pela metade sua criação de novas moedas.

Vale o destaque que, em simultâneo, muitos países passaram a emitir mais moedas. Ou seja, o Bitcoin reduziu sua inflação quando bancos centrais injetaram liquidez em mercados.

Grandes empresas e investidores de mercado então viram o Bitcoin como uma reserva de valor. A compra em massa da moeda certamente levou seu preço as alturas.

Bitcoin finaliza mês de janeiro como melhor ativo em rendimento no ano

O Bitcoin repetiu ligeiramente o bom desempenho visto em 2020. Naquela ocasião, o Bitcoin finalizou o mês de janeiro com 30% de alta, perdendo apenas para a Tesla.

Já em 2021, o preço do Bitcoin fechou o mês de janeiro com alta de 17%, para quem comprou no primeiro dia do ano. A alta é referente a cotação em dólar.

Em relação ao Real a alta é o dobro, com 35% nos primeiros 31 dias do ano. Isso porque, com a moeda brasileira voltando a ser uma das mais desvalorizadas do mundo, o Bitcoin ganhou força no país.

De acordo com dados fornecidos pela Skew, os 17% de alta do Bitcoin frente ao dólar são suficientes para coroá-lo o melhor ativo de janeiro. O ouro, por exemplo, desvalorizou 2,67% no mês.

Outro índice que é acompanhado com cautela por investidores, o S&P 500, também fechou em queda de 1,11%.

Cotação do Bitcoin finaliza em janeiro como destaque entre ativos - Reprodução/skew
Cotação do Bitcoin finaliza em janeiro como destaque entre ativos – Reprodução/skew

História do Bitcoin nos últimos anos está para ser testada

O que muitos investidores se esqueceram com relação à 2020 é que o mês de março foi o terror do mercado financeiro mundial. Com o número de casos da COVID-19, muitos países fecharam suas economias, sendo um mês de queda generalizada nos ativos.

O Bitcoin, por exemplo, fechou o primeiro trimestre de 2020 com perdas de 10,58%. Mesmo com a imensa recuperação dos meses seguintes, os investidores em Bitcoin ficaram preocupados com a queda brusca da moeda no último ano.

Desde 2014 o Bitcoin não registra uma alta significativa no primeiro trimestre dos anos. Ou seja, os meses de fevereiro e março serão decisivos para uma eventual mudança de paradigma nos preços do Bitcoin em começo de ano.

Apenas nos anos de 2017 e 2019 o Bitcoin encerrou o primeiro trimestre em alta, com 8,23% e 8,90% respectivamente. Ou seja, se manter os atuais 17% de alta até o final de março, o Bitcoin poderá ter o melhor primeiro trimestre dos últimos sete anos.

Vale o destaque que, de acordo com dados da skew, o Bitcoin mais desvalorizou no período inicial dos últimos anos que ganhou valor. Confira abaixo o gráfico de percentual do preço do Bitcoin nos últimos anos:

Percentual de valorização/desvalorização do Bitcoin nos últimos sete anos e preço de fechamento de cada trimestre no período
Percentual de valorização/desvalorização do Bitcoin nos últimos sete anos (esquerda) e preço de fechamento de cada trimestre no período (direita) – Reprodução/skew

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

CEO da Aave diz que “loucura do Yield Farming” está chegando ao fim

O CEO da Aave, Stani Kulechov, está preocupado com a falta de inovação dentro do setor de finanças descentralizadas (DeFi), citando a natureza de...

Time da NBA vai aceitar Dogecoin como pagamento por ingressos

Aparentemente o bom momento da Dogecoin ainda possui força, ou simplesmente abriu as portas para que a criptomoeda meme ganhe novos mercados. A mais...

EUA tem plano diabólico para zerar dívida nacional com Bitcoin, diz russo

O entusiasmo criado em torno do Bitcoin para o longo prazo não é por acaso, de acordo com um russo especialista em inteligência competitiva....

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Time da NBA vai aceitar Dogecoin como pagamento por ingressos

Aparentemente o bom momento da Dogecoin ainda possui força, ou simplesmente abriu as portas para que a criptomoeda meme ganhe novos mercados. A mais...

EUA tem plano diabólico para zerar dívida nacional com Bitcoin, diz russo

O entusiasmo criado em torno do Bitcoin para o longo prazo não é por acaso, de acordo com um russo especialista em inteligência competitiva....

CEO da Kraken: Bitcoin vai para o infinito

O CEO da Kraken, uma das maiores corretoras de criptomoedas dos Estados Unidos, acredita que o Bitcoin acabará por se tornar a moeda mundial....

Criador do Litecoin faz alerta contra NFTs

O criador da criptomoeda Litecoin, considerada a "prata digital", fez um alerta sobre os Tokens Não Fungiveis (NFT). De acordo com Charlie Lee, o...

Mineradores de Bitcoin ganharam R$ 7.6 bilhões em fevereiro

Com o valor atual do Bitcoin, a mineração da moeda digital está se tornando extremamente lucrativa e o número de mineradores de criptomoedas está...