Bitcoin é o próximo passo na evolução do dinheiro, diz maior administradora de ativos digitais

O Bitcoin teve uma alta selvagem este ano. Valorizando 156% até agora em 2020, e seu preço explodiu acima de US $ 18.000 nesta semana.

Siga no

O argumento de que o Bitcoin “é ruim porque não poder ser usado para comprar café” não é mais tolerável, de acordo com Michael Sonnenshein, o diretor da maior administradora de ativos digitais do mundo, Grayscale. A empresa administra quase $ 11 bilhões (R$ 59 bi) em ativos digitais

Michael disse que a pandemia este ano foi um fator importante por trás dos investimentos em Bitcoin. A Grayscale viu investidores com diferentes motivações para comprar a moeda digital.

Em pleno 2020, 11 anos depois do nascimento do Bitcoin e com todas as informações disponíveis na internet, ainda é comum vermos críticos ignorantes sobre o assunto para criticar a moeda digital, como aconteceu ontem, com um gestor de fundo brasileiro dizendo que o bitcoin “não serve pra nada”(sic).

O envolvimento crescente das principais empresas do setor financeiros “realmente mostra o poder de permanência da classe de ativos e valida o envolvimento de outras pessoas”, disse ele à Business Insider.

Os investidores não estão mais se agarrando à ideia de que, como não estamos usando o Bitcoin para comprar uma xícara de café, “ele fracassou como moeda”, disse Michael.

“Eles entendem hoje que comprar Bitcoin e colocá-lo em seu portfólio significa ser uma reserva de valor, uma proteção contra a inflação, um ouro digital, uma forma digital de dinheiro que é muito mais adequada ao mundo digital em que vivemos hoje.” 

Para aqueles que insistem em criticar a moeda digital, ele disse: “O Bitcoin nasceu fora do reino dos serviços financeiros tradicionais, não nasceu em uma arena onde deveria ser negociado em um mercado de ações ou que iria ser custodiado da mesma forma que as ações ou títulos.”

Michael acha que as pessoas não devem se preocupar com o fato de que exista apenas 21 milhões de Bitcoins

Cada moeda é divisível até a oitava casa decimal, o que significa que há 100 milhões de unidades dentro de cada Bitcoin. Essa é uma das características que os investidores gostam, porque eles podem comprar apenas uma fração da moeda e aumentar sua posição com o tempo.

“Quando você pensa em quantos milionários ou bilionários ou mesmo qual é a população global, há 21 milhões de Bitcoins vezes os 100 milhões de unidades de cada Bitcoin”, disse ele. “Existe a possibilidade de qualquer pessoa que queira se envolver ser dona de alguma parte de Bitcoin.”

A criptomoeda mais popular do mundo teve um passeio selvagem este ano. Ele subiu 117% até agora em 2020, e seu preço explodiu acima de US $ 18.000 nesta semana.

Leia mais sobre:
Avatar
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Justiça manda bitcoin.org revelar quantos bitcoins brasileiro tem

A justiça do Estado de São Paulo expediu um ofício ao Bitcoin.org, considerado o site oficial do Bitcoin no mundo todo. O caso aconteceu...
BlackFriday-Bitcoin

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...
Imagem: Coin360

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Últimas notícias

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Adolescente tem o sonho de ser investidor de criptomoedas

Um adolescente que ainda cursa o ensino médio no Brasil tem o sonho de ser investidor de criptomoedas ou trabalhar em uma agência bancária. O...