Bitcoin é uma forma de dinheiro, afirma Joe Rogan, apresentador do maior podcast do mundo

Além do preço, que saltou de R$ 900 para R$ 195.000, o Bitcoin teve outras mudanças significativas desde então. Além de atualizações do próprio projeto, como a introdução do SegWit e do Taproot, o BTC também viu um crescimento na adoção — por pessoas, empresas e até mesmo um país, El Salvador.

Joe Rogan durante o episódio 124 do JRE MMA Show, falando sobre Bitcoin.
Joe Rogan durante o episódio 124 do JRE MMA Show, falando sobre Bitcoin.

Joe Rogan, apresentador do podcast mais popular do mundo, conversou Khalil Rountree Jr., lutador do UFC, no mais recente episódio de seu programa, exibido nesta terça-feira (3). Como destaque, ambos falaram positivamente sobre a maior criptomoeda do mundo: o Bitcoin.

Esta não é a primeira vez que Rogan fala sobre Bitcoin em seu programa. No episódio #581, exibido em dezembro de 2014, Rogan recebeu uma “aula” de Andreas Antonopoulos, um dos maiores especialistas sobre o assunto. Na época, um Bitcoin valia apenas R$ 950.

Além do preço, que saltou de R$ 900 para R$ 195.000, o Bitcoin teve outras mudanças significativas desde então. Além de atualizações do próprio projeto, como a introdução do SegWit e do Taproot, o BTC também viu um crescimento na adoção — por pessoas, empresas e até mesmo um país, El Salvador.

“O Despertar do Bitcoin de Khalil Rountree”

Iniciando a conversa sobre o assunto, o lutador do UFC Khalil Rountree Jr. conta como ficou surpreso ao visitar a conferência Bitcoin 2022. Um de seus principais comentários é que os pioneiros, que ali estavam presentes, estavam interessados apenas pelo Bitcoin, e não pelo setor de criptomoedas.

“Fazia muito tempo que não me empolgava com algo assim e não sou um cara de finanças. Não sou um cara que cresceu sabendo sobre redes e sistemas financeiros e mercados de ações ou qualquer coisa. E agora estou finalmente em um ponto em que estou começando a ver um futuro para mim.”

Após ouvir este trecho, fica claro que o título do vídeo, “O Despertar do Bitcoin de Khalil Rountree”, resume bem o tópico da conversa. Na gíria dos bitconheiros, o lutador teria tomado a “pílula laranja”, uma alusão a escolha de Neo no filme Matrix.

Indo além, Rountree segue falando sobre o atual sistema monetário e como o Bitcoin tem potencial para ser usado no dia-a-dia e melhorar tanto a sua quanto a vida de outros.

“Posso finalmente ter algo que possuo, que é meu. O que eu ganhar, será meu, e você não pode tocar.”

“Você também pode ser pago em satoshis, que são frações de um Bitcoin, de apoiadores. […] Você não precisa comprar Bitcoin. […] Então meus fãs e seguidores podem me enviar satoshis assim como enviam likes no Instagram.”

Joe Rogan também está interessado no Bitcoin

Após ouvir a apaixonada fala de Rountree por cinco minutos, Joe Rogan então assume a palavra e compara o Bitcoin ao início da internet, quando poucas pessoas usavam. Além disso, nota que regulamentações dos dois setores são parecidas.

“Penso no Bitcoin da mesma maneira que penso sobre o início da internet. Eles não viram isso chegando e agora é uma forma viável de dinheiro.”

Seguindo, o apresentador do podcast The Joe Rogan Experience recorda sobre as tentativas do governo para censurar a internet, durante o governo do presidente americano Barack Obama. Segundo Rogan, tais propostas não foram para frente por conta da pressão popular.

Em relação a um possível banimento das criptomoedas, Rogan mostra-se preocupado com as CBDCs — moedas digitais de bancos centrais. Segundo ele, uma CBDC permitirá que governos controlem como você gastará o seu dinheiro.

“Você pode comprar comida e abrigo, mas não permitiremos que você viaje”, destaca Joe Rogan sobre como CBDCs podem ser uma arma governamental. “Isso pode ser algo real, onde eles poderiam literalmente limitar como você gasta o seu dinheiro”.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias