Bitcoin rompe tendência de baixa pela primeira vez em 3 anos

Siga no

O Bitcoin tem tido um comportamento bem “chato” nas últimas semanas. Apesar de às vezes dar alguma esperança para os investidores com algumas altas, o preço fico estagnado em uma faixa entre os US$ 9.000 e US 10.000, no entanto, a maior moeda digital começou a semana com uma mudança muito importante.

O Bitcoin fechou o dia pela primeira vez acima da tendência de baixa dos últimos 3 anos.

Após o ATH (alta histórica) de 2017, o Bitcoin entrou em uma queda constante desde que as opções de contratos futuros da CME foram abertas.

Essa movimentação criou uma tendência de baixa que perdurou por 3 anos, com o Bitcoin rompendo essa tendência no começo desta semana.

Pentoshi, líder de análise técnica da Blockfyre, foi um dos que chamaram a atenção para importante métrica da maior moeda digital do mundo.

“O Bitcoin acabou de fechar pela primeira vez ACIMA da tendência de queda de 3 anos desde o seu maior valor e o lançamento da CME Futures.”

Isso é potencialmente uma invalidação de qualquer narrativa de queda e o começo oficial de uma nova tendência de alta no cenário macro.”

Em respostas ao tuíte de Pentoshi, também é possível encontrar pessoas apontando outros sinais positivos em relação ao preço do Bitcoin, com a moeda se consolidando em uma zona de alta nas últimas semanas, sempre mantendo uma movimentação de devagar e sempre.

No gráfico de 5 dias é possível notar a clara movimentação de alta no curto prazo, com a moeda seguindo forte acima dos US$ 10.300, mesmo com uma recente correção.

O nível de resistência mais alto no momento foi o de US$ 10.450, com o nível de suporte mais baixo na casa de US$ 10.200, mas claro, o nível de US$ 10 mil continua sendo o suporte psicológico mais importante até o momento.

bitcoin tendência alta

Tendência de alta pode se manter no Bitcoin?

Como sempre, é difícil saber o que realmente vai acontecer com o Bitcoin no futuro próximo (ou distante). Enquanto a análise gráfica é um tipo de estudo muito válido, nem sempre ele acerta o futuro.

Com isso em mente, ainda temos bons sinais de que o Bitcoin está em um bom caminho, principalmente para aqueles que seguem o gráfico de Stock-to-Flow que ficou famoso dentro do criptomercado recentemente.

O importante é ficar de olho em quedas abaixo de US$ 10 mil, que podem ser um sinal de queda ou então uma possibilidade de entrada com poucos valores.

Vale notar que esse artigo tem apenas cunho jornalístico e não deve ser encarado como incentivo de investimento em nenhum ativo digital.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Dogecoin passa banco Itaú, Santander e Bradesco em valor de mercado

Dogecoin, a criptomoeda feita como uma piada, surpreendeu o mundo após disparar 150% em poucas horas e ser negociada por um valor recorde de...

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias