Bitcoin sobe R$ 10 mil em 24 horas, maior alta desde 2011

Hoje é dia de se arrepender de não ter comprado a moeda digital

Siga no
Bitcoin na Lua
Bitcoin na Lua

O Bitcoin atingiu o preço de US $ 10.350 na corretora Bitstamp, enquanto em outras exchanges, como na BitMEX, a moeda digital chegou a ser negociada por US $ 10.600.

Isso representa um aumento de 42% no preço do Bitcoin. BOOM! Nem mesmo o próprio Satoshi Nakamoto conseguiria se lembrar da ultima vez que o Bitcoin subiu tanto em um curto intervalo de tempo.

A ultima vez que a moeda teve ganhos tão altos foi em 2011. A alta de hoje representa a quarta maior em toda história do Bitcoin desde 10 de maio de 2011. No momento da redação dessa matéria, o Bitcoin é negociado por US $ 9.181, no Brasil a moeda é negociada por R$ 36.831.

Semana passada o preço do Bitcoin parecia “chato”, com apenas alguns movimentos aleatórios, a moeda digital foi negociada por US $ 8.000 por quase um mês. No início dessa semana, o Bitcoin sofreu uma queda drástica de US $ 8.300 para US $ 7.300 em poucas horas, onde encontrou um suporte.

Ontem o Bitcoin teve uma forte alta, subindo US $ 1.000 em apenas uma hora. Na última hora, a moeda digital subiu ainda mais rompendo várias resistências, chegando a ultrapassar a marca de US $ 10.600, que não era vista há algum tempo.

O que motivou a alta do Bitcoin

Motivos para a alta do Bitcoin são vários, de acordo com diversos analistas. De acordo com Gabor Gurbacs, que resumiu bem as narrativas, existem três razões pelas quais o Bitcoin subiu:

1 – O último contrato futuro do Bitcoin na CME expirou, algo que tradicionalmente faz o preço do Bitcoin subir;

2 – O presidente da China, Xi Jinping, revelou que apóia o desenvolvimento e a adoção de tecnologias blockchain na China;

3 – O executivo-chefe da Crypto Capital, uma empresa que oferece serviços financeiros a empresas do setor, incluindo a Bitfinex, foi preso, o que Gurbarcs alega que permitirá que os clientes da empresa “recuperem parte do dinheiro apreendido”.

O chefe de pesquisa da Fundstrat, Tom Lee, disse que a alta do Bitcoin é resultado da recente recuperação das ações S&P 500. De acordo com ele, o preço do Bitcoin aumentou historicamente junto com as ações da S&P 500. A S&P 500 quase atingiu o nível mais alto de todos os tempos e Lee disse que os melhores anos do Bitcoin foram quando a S&P 500 subiu mais de 15%.

Para o brasileiro Rodrigo Souza, CEO da Blink Trade, investidores viram que a China poderá liderar a corrida pela criação de uma moeda global, o que, segundo ele, vai facilitar o acesso ao Bitcoin, diante disso, criou-se o FOMO, “Medo de perder oportunidade”, ou seja, todo mundo saiu comprando.

Mercado de criptomoedas ganham US $ 50 bilhões em 12 horas

A alta do Bitcoin injetou mais de US $ 50 bilhões no mercado de criptomoedas. O rally liderado pelo Bitcoin é um dos maiores da história e quase todas as altcoins (criptomoedas alternativas) estão com ganhos de dois dígitos hoje.

As principais criptomoedas do mercado estão com ganhos de até 18%. O Bitcoin Cash é a altcoin com maior alta depois do Bitcoin. Seguida pela Bitcoin SV, 14%, EOS, 13% e Litecoin 11%.

A alta das criptomoedas elevou a capitalização de mercado para US $ 260 bilhões. De acordo com o Coinmarketcap, o volume diário subiu de pouco mais de US $ 50 bilhões para US $ 135 bilhões.

Praticamente todas criptomoedas estão “no verde” como pode ser visto na imagem abaixo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Youtuber Felipe Neto

Criptomoeda com “potencial imenso” que Felipe Neto investiu derrete 53%

Uma criptomoeda que o youtuber Felipe Neto investiu derreteu 53% e chamou a atenção de um analista da bolsa de valores brasileira. O projeto em...
Alibaba Bitcoin

Alibaba proíbe venda de equipamentos de mineração de bitcoin

A proibição do Bitcoin na China começa a afetar outros setores da indústria. Desta vez a gigante Alibaba, 9ª maior empresa do mundo por...
Fachada de agência do Banco do Brasil

Tokecardume ou Bitemoeda? – Vejas as questões sobre criptomoedas do concurso do Banco do...

No último domingo (26), o concurso do Banco do Brasil foi aplicado em diversas cidades do Brasil, com várias questões sendo vistas sobre Bitcoin...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias