Bitcoin ultrapassa valor de mercado do Facebook

Capitalização da grande empresa de tecnologia caiu em meio a alta do Bitcoin.

Siga no
Moedas de Bitcoin em frente ao Facebook
Moedas de Bitcoin em frente ao Facebook

Com o preço do Bitcoin em alta e as ações do Facebook em baixa, a capitação da moeda digital superou o valor da gigante das redes sociais.

Vale notar que o Bitcoin é uma moeda digital, ou seja, sua comparação com o valor de empresas é feita apenas para fins didáticos. Assim, caso fosse uma companhia listada na bolsa de valores, o BTC seria hoje a sexta maior do mundo, atrás apenas da Apple, Microsoft, Alphabets (Google) e Amazon.

Nas últimas 24 horas, a criptomoeda registrou uma alta em sua cotação, que apesar de modesta, com apenas 0,75%, serviu para superar o Facebook, que até então era a sexta maior empresa em valor do mundo. Claro que se retirar o Bitcoin do estudo, a empresa dona do Messenger, Instagram e até Whatsapp, volta ao seu posto.

Bitcoin supera o Facebook em valor de mercado
Bitcoin supera o Facebook em valor de mercado/ Crédito: CoinMarketCap

O que chama atenção é que essa ultrapassagem do Bitcoin aconteceu em um dia em que o Facebook, WhatsApp e outros serviços ficaram todos offline, por praticamente boa parte da manhã e tarde desta segunda-feira (4). Até o fechamento desta matéria, os serviços continuavam offline e com a equipe lutando para reestabelecer os serviços.

Com Facebook em baixa e Bitcoin em alta, empresas de redes sociais concorrentes fizeram a festa

Ao ver as principais redes sociais indisponíveis, a internet não perdoou ao fazer os memes pelo mundo. Considerado um dos maiores atletas do esporte de corridas, medalhista em olimpíadas, Usain Bolt brincou que o Twitter era ele, quando comparado com os concorrentes, com o CEO da rede social gostando da publicação.

Pelo próprio Twitter, o perfil oficial do WhatsApp acabou publicando uma nota sobre a queda de seus serviços, que estão sendo corrigidos. A mesma nota foi compartilhada no perfil oficial do Facebook

“Estamos cientes de que algumas pessoas estão enfrentando problemas com o WhatsApp no momento. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização aqui assim que possível. Obrigado pela sua paciência!”

Com a queda nos serviços do Facebook, as ações da empresa listadas na Nasdaq voltaram a cair cerca de 5%, após vários dias operando em baixa, que totaliza uma desvalorização de 14,70% no último mês.

Serviços alternativos ao WhatsApp, como Telegram e Signal, voltaram a ser buscados pelos internautas que precisavam se comunicar. Mesmo assim, alguns apresentaram lentidão na visão dos usuários.

O que continuou em alta e funcionando bem foi o Bitcoin, “sexta maior companhia do mundo” hoje.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Jack Dorsey, CEO do Twitter e fã do Bitcoin

Empresa de CEO do Twitter quer minerar Bitcoin

A Square, empresa de Jack Dorsey listada na NYSE, quer minerar Bitcoin como estratégia de negócio. A informação foi compartilhada por Dorsey em seu Twitter,...
Pedro-Bial-Hashdex

Pedro Bial testemunha o poder transformador das criptomoedas em campanha da Hashdex

A Hashdex surgiu para democratizar os investimentos em criptomoedas, oferecendo produtos seguros e regulados para todos os investidores. Atuando como ponte entre o mercado...
Símbolo da Binance em meio aos prédios sede endereço

Binance lançará o maior programa já anunciado na criptosfera

Para expandir os recursos do ecossistema Binance Smart Chain e implementá-lo em todo o setor de tecnologia financeira no futuro, a corretora de criptomoedas...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias