BlackRock está de olho no Bitcoin, “volatilidade é intensa”

Empresa é a maior gestora de ativos do mundo, e segue interessada na compra da moeda digital mesmo após queda do mercado.

Siga no
Volatilidade do Bitcoin, sobe e desce do preço
Volatilidade no preço do Bitcoin

O preço do Bitcoin é um fenômeno a ser estudado pela BlackRock, maior gestora de ativos do mundo que estuda os ciclos do mercado de criptomoedas. A empresa tem interesse em comprar a moeda digital, mas ainda não está claro quando isso irá ocorrer.

O mercado de Bitcoin atravessa ciclos em seu preço, assim como qualquer outra moeda. O real, por exemplo, atravessa um período de baixa em relação ao dólar, perdendo poder de compra no cenário internacional.

No entanto, a volatilidade nos preços do Bitcoin ainda assusta investidores pelo mundo, dado a velocidade de seus movimentos. No último ano, a criptomoeda registrou uma extrema valorização, mas com uma queda de 33% nos últimos 30 dias.

A BlackRock então estaria analisando o comportamento do Bitcoin no mercado, de acordo com o CEO Larry Fink. Ele foi questionado por acionista em reunião com os investidores se a BlackRock planeja comprar a moeda digital.

Segundo a Reuters, Fink afirmou que analisa sim, a compra, com olho nos ciclos de mercado do Bitcoin, sua evolução, infraestrutura e aspectos regulatórios. Vale o destaque que, como uma das maiores empresas a gerir ativos no mundo, é compreensível a cautela quanto a incorporação de um novo ativo.

Mesmo assim, a BlackRock é uma investidora de longo prazo, afirmou o CEO em sua resposta. Desse modo, semelhante ao ouro, o Bitcoin poderia ser um ativo que desempenha um papel ao longo dos anos.

“É muito cedo para determinar o futuro do Bitcoin”, disse CEO da BlackRock ao observar ciclos do mercado

O Bitcoin foi criado em 2009, por Satoshi Nakamoto, sendo uma moeda relativamente nova no mundo. Apesar disso, alguns países já apostam no futuro da tecnologia, como a Venezuela, por exemplo, que criou até uma operação de mineração estatal.

Para o CEO da BlackRock, ainda é cedo para determinar o futuro do Bitcoin, com dúvidas se a moeda ainda é um ativo utilizado apenas para especulação de investidores. Mesmo em dúvida, a empresa estaria analisando uma possível compra, que não está descartada.

Recentemente a BlackRock passou por mudanças na diretoria, o que poderia atrasar ainda a tomada de decisão para um investimento em criptomoedas. De qualquer forma, em abril de 2021, a gestora já havia comprado futuros de Bitcoin na bolsa de valores de Chicago, experimentando os investimentos nesse mercado.

Além de empresas, bilionários também estudam a compra de bitcoin, como Carl Icahn, o 124º homem mais rico do mundo, segundo a Forbes. No início da semana, Ray Dalio confirmou ter posses da criptomoeda, mostrando que o mercado, apesar do preço do Bitcoin caindo, segue buscado por grandes investidores.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

NFT pode “matar” o Bitcoin? Qual a relação entre ambos?

É provável que muita gente conheça os NFTs, regularmente confundidos com “arte digital”. A ação ganhou força após Stephen Curry, astro da NBA, e...
Plataformas NFT e Ethereum empresas

Empresas listadas na bolsa apostam no mercado de NFT

O crescimento do mercado de NFTs tem quebrado barreiras mais rápido do que outros recursos relacionados a blockchain. Hoje até mesmo grandes empresas, listadas...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

Mineradores brasileiros comentam banimento de Bitcoin pela China

A proibição de Bitcoin pela China nos últimos dias abalou o mercado, com muitas pessoas ficando preocupadas com isso, menos dois mineradores brasileiros que...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias