Blockchain é forma rápida e barata de transferir dinheiro pelo mundo

Desbanca sistemas tradicionais de longe!

Siga no

A tecnologia blockchain atrai cada vez mais olhares atentos do mundo financeiro mundial. De acordo com um estudo recente, a Blockchain é forma rápida e barata de transferir dinheiro pelo mundo. Isso porque em comparação com sistemas tradicionais, a tecnologia supera muito o desempenho.

Claro que os sistemas tradicionais como Paypal, Bancos Centrais, Bancos e outros mais, já se atentaram para esse gigante concorrente descentralizado. No início de abril de 2019, o FMI confessou sentir o impacto das criptomoedas no âmbito financeiro.

Blockchain é forma rápida e barata de transferir dinheiro pelo mundo, de acordo com estudo

Segundo mostrou o Livecoins em um estudo, há várias blockchains rápidas para transações internacionais. Além disso, o Bitcoin (BTC) quando utilizado com a Lightning Network pode ter um imenso potencial de velocidade e baixo custo.

Entretanto, a BlockData lançou um estudo em março de 2019 em que comparou o desempenho da blockchain com sistemas tradicionais.

Fonte: Estudo BlockData

Resumindo o estudo, os dados mais importantes foram que aplicações blockchain são 388 vezes mais rápidas e 127 vezes mais baratas. Isso porque em sistemas tradicionais há uma grande burocracia para se resolver as transferências.

Certamente o estudo comparou dados de remessas financeiras, que são operações feitas entre países diferentes. Mesmo assim, as criptomoedas já ganham um mercado forte.

Entretanto, para analista Bitcoin (BTC) é a melhor rede

O analista Tone Vays, que possui mais de 150 mil seguidores em seu Twitter, acredita apenas no Bitcoin.

Para Vays, projetos como Monero (XMR) e Litecoin (LTC) não passam de perda de tempo. Além disso, afirmou que o Ethereum (ETH), Dash (DASH) e Ripple (XRP) não passam de scam (fraude).

Além disso, Vays criticou ICOs que já aconteceram como Binance Coin (BNB), Eos (EOS) e Ada (ADA). Na visão do analista, a criação de novas criptomoedas alternativas (altcoins) inflaciona o Bitcoin.

Dito isso, o mercado das criptomoedas e blockchains ainda passa por um processo de amadurecimento que deve ser levado em conta. Isso porque ao afirmar que a “blockchain” é melhor que algum sistema tradicional, deve-se considerar o desenvolvimento da tecnologia.

Neste sentido, a única blockchain que possui cerca de 10 anos em funcionamento é ainda o Bitcoin. Finalmente, apenas essa blockchain poderia ter condições de concorrer com sistemas tradicionais em custo e velocidade de forma relevante.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias