Blockchain Investimentos garante lucro de até 45% ao mês com criptomoedas; será que é pirâmide financeira?

Especialistas e MPF não recomendam investimentos em empresas que prometem lucros exorbitantes

Siga no

Garantia de lucro de até 45% ao mês em cima do capital aportado. Essa é a promessa da Blockchain Investimentos, empresa que afirma em seu site conseguir tal “mágica financeira” por meio de investimentos em criptomoedas e em startups de blockchain.

Não há processo administrativo aberto na CVM (Comissão de Valores Mobiliários) para investigar o negócio, processos no Tribunal de Justiça de São Paulo ou mesmo reclamações na internet.

Entretanto, a promessa surreal, o site cheio de erros e a falta de respostas e explicações sobre a forma de se obter lucros são fortes indícios de que a Blockchain Investimentos possa ser mais uma pirâmide financeira que usa o bitcoin para “se vender”.

A reportagem contatou a empresa – que não tem autorização da CVM para ofertar contratos de investimento coletivo – por meio do e-mail disponibilizado no site e pediu para conversar com algum representante. Até o fechamento deste texto, no entanto, não houve resposta.

Empresa diz ter escritório na Av. Paulista, mas reportagem não localizou

A empresa, que não divulga seu CNPJ em nenhum local, informa em seu site ter um escritório em um edifício na Avenida Paulista, número 2.300, em São Paulo. Uma funcionária do local, no entanto, informou à reportagem que não há sala comercial da Blockchain Investimentos por lá.

A empresa também disponibiliza um telefone em seu site, mas o número não funciona. O Livecoins ainda entrou no “chat oficial” do WhatsApp, cujo endereço está no endereço virtual do empreendimento, mas ninguém respondeu as perguntas.

A reportagem então enviou um e-mail para o suporte perguntando onde de fato fica a sede física e qual o telefone, além de ter pedido para falar com algum representante. A “firma” apenas informou que o “atendimento para questões de investimento é somente online”. No e-mail, não há qualquer tipo de identificação, nome ou contato.

Como a empresa afirma conseguir o lucro?

A empresa oferece três planos. O primeiro pacote, com investimento mínimo de US$ 40 (R$ 173), supostamente rende 0,70% ao dia. O segundo, cujo valor mínimo é US$ 1 mil (R$ 4,3 mil), garante lucro de 1% ao dia. O terceiro plano, que promete juros de 1,5% ao dia, pede um investimento mínimo de US$ 7 mil (R$ 30,2 mil).

A explicação sobre como esses lucros exorbitantes são obtidos não “explica” muita coisa. De acordo como site, o “capital adquido (sic) pelo ‘Crowdfunding’ é direcionado sem intermediários ou taxas para startups e empresas que utilizam tecnologia blockchain de alta rentabilidade”.

Os projetos desenvolvidos por essas startups – que não tiveram seus nomes revelados, mas segundo a empresa têm “alta rentabilidade” – gerariam os tais lucros, que seriam distribuídos de “forma automatizada, repassado diariamente para a conta dos investidores Blockchain Investimentos”.

Além do rendimento, o negócio também oferece 8% de comissão para quem indicar algum participante novo para o esquema.

Cuidado com lucros exorbitantes

Os economistas e especialistas no mercado financeiro costumam dizer para os investidores fugirem de promessas de lucros exorbitantes no mercado de renda variável, como é o caso do segmento de criptomoedas.

“Desconfie de qualquer promessa de investimento que tenha retorno muito alto e garantido. Algo que promete ganho de 2% ao mês ou mais sem risco é uma cascata”, disse Michael Viriato, professor do Insper, ao portal UOL.

Além do lucro fora da realidade, a Blockchain Investimentos também apresenta diversos outros sinais característicos de esquemas ponzi, conforme cartilha do MPF (Ministério Público Federal).

Segundo o órgão, “pouca ou nenhuma informação sobre a empresa”, “promessas de rendimentos potencialmente” e “vaga descrição do produto” são indicativos de perigo.

O espaço fica aberto para a Blockchain Investimentos, caso queira comentar a matéria e explicar como funciona exatamente o negócio.

Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).
Etiopia-bitcoin

Etiópia descobre bitcoin e volume dispara

O bitcoin chegou à Etiópia, um país africano muito pobre e dividido que se orgulha de nunca ter sido colonizada. A Etiópia é o...
Niall Ferguson

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...
Bitcoin-carta-amigos-e-familiares

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Últimas notícias

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Comunistas adotam o bitcoin

Use blockchain para “aproveitar os meios de produção monetária”. É assim que começa o livro escrito pelo filósofo Mark Alizart, Criptocomunismo. Ele argumenta que a...