Conheça o brasileiro que colaborou com a atualização mais importante da história do Bitcoin

Bruno afirma que programadores não precisam ser especialistas para ajudar o Bitcoin a ser cada vez melhor.

Siga no
Bruno Garcia. Imagem: Facebook
Bruno Garcia. Imagem: Facebook

Bruno Ely Reis Garcia conheceu o Bitcoin em 2015, mas sabia muito pouco sobre a tecnologia naquela época. Ao decidir estudar mais sobre o assunto, o brasileiro recentemente ajudou corrigir um erro na atualização mais importante da história do Bitcoin, a Taproot, que será ativada em novembro deste ano.

Como um programador, o entusiasta da moeda digital teve um insight de ler o código do Bitcoin para tentar entender mais sobre os fundamentos da tecnologia.

Como o código do Bitcoin não é tão simples de entender, Bruno entrou para grupos da comunidade e gastou horas com a leitura de materiais, tudo para compreender mais sobre o ecossistema.

Em 2021 Bruno participou de um grupo de estudos da Chaincode Labs relacionado ao Bitcoin Core e essa experiência o fez compreender muito mais o código do Bitcoin e o protocolo da moeda.

“Isso me deu um background muito grande para começar a contribuir com o código.”

O que era o erro no código do Taproot? Atualização do Bitcoin deverá ser ativada em novembro

Taproot é a atualização mais esperada do ano e a principal no código do Bitcoin desde a ativação do Segwit, em 2017. Com essa novidade, a rede deverá ter mais privacidade nas transações, mais desempenho e até contratos inteligentes.

Bruno Ely contou ao Livecoins que tem acompanhado de perto a atualização, que julga ser promissora. Como estudou sobre o código do Bitcoin, o programador brasileiro encontrou um erro no teste funcional do Taproot.

“Uma das melhores formas de você contribuir com o código é revisando, ajudar a revisar o código, testar, ver se não tem nada errado. Foi numa dessas que eu fiz essa contribuição em um teste funcional do Taproot, além de outros pull requests que já coloquei.”

Em sua explicação, Bruno deixou claro que não encontrou um erro na atualização do Bitcoin em si, mas em um teste funcional. Esse teste é um prova automatizada que verifica se uma determinada funcionalidade funciona de acordo com o esperado.

Como exemplo, Bruno disse que o código do Taproot havia sido escrito pelo programador Peter Wuille, que faz parte do Bitcoin Core também. A partir dos códigos que Peter disponibilizou, Bruno resolveu ler os testes para entender a funcionalidade.

Ao fazer a revisão, o programador brasileiro detectou um erro, que era um detalhe no código.

Erro já foi corrigido por desenvolvedores e brasileiro deixa claro: “não precisa ser um especialista”

Bruno comentou com o Livecoins que foi elogiado pelos desenvolvedores do Bitcoin Core após encontrar o erro no teste do Taproot. Ao ver o problema, ele já submeteu seu relatório para avaliação, sendo o caso já avaliado e corrigido.

Ao participar dessa rica experiência, o programador acredita que qualquer pessoa que queira contribuir com o crescimento do Bitcoin está convidado ao ecossistema.

“O que eu senti com tudo isso é que não precisa ser nenhum expert para contribuir com o Bitcoin Core. Hoje, o desenvolvimento da moeda carece muito de pessoas que revisam o código e testam também.”

Bruno lembrou que o Bitcoin já tem hoje cerca de 400 propostas de mudanças, entre correções de bugs e melhorias. Assim, é necessário que mais programadores se unam em torno das propostas em andamento, não sendo necessário ser nenhum especialista para isso.

Ely ainda disse que está tentando ser o mais ativo possível nessas correções, dedicando um tempo em seu dia para melhorar o Bitcoin. Ele espera em algum momento trabalhar apenas com o Bitcoin, ajudando a rede a ficar cada vez mais segura.

Por fim, para quem espera começar a ajudar também com o Bitcoin, a dica do Bruno é que a pessoa não tente criar algo novo com pressa, que pode mais atrapalhar que ajudar. Os passos iniciais, na visão de Bruno, são estudar o protocolo, ler o código e depois testar o que já foi feito.

“Eu sugiro estudar o protocolo, tem bons livros sobre, o Mastering Bitcoin, por exemplo, do Andreas Antonopoulos é muito bom. Começar estudando. E antes de querer desenvolver algo novo para o Bitcoin Core, tenta testar o que já foi feito, analisar, não tenha pressa para criar algo novo, essa é a dica que eu dou. Se você for com pressa querendo criar algo novo, pode mais atrapalhar que ajudar. Tudo tem seu tempo”.

Após ajudar resolver um erro no Taproot, Bruno Garcia foi homenageado na página oficial do projeto, ao lado de grandes desenvolvedores da moeda digital.

Bruno Garcia foi homenageado com atualização do Bitcoin 0.21.1
Bruno Garcia foi homenageado com atualização do Bitcoin 0.21.1

Veja entrevista com Bruno no canal Bitcoinheiros.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Kid Bengala promete dar “madeirada” em quem vender criptomoeda

Após a sua grande carreira na indústria de filmes adultos, Clóvis Basílio dos Santos, mais conhecido como Kid Bengala, se tornou uma celebridade na internet...

Um dos maiores bancos dos EUA pode estar explorando empréstimos com Bitcoin

Com os bancos e outras instituições demonstrando cada vez mais interesse no criptomercado, podemos ver cada vez mais produtos ligados ao setor tradicional e...
Homem olhando bravo para notas amassadas de Real brasileiro enquanto segura o Bitcoin

Pesquisa revela que brasileiros acreditam no Real digital apenas no curto prazo

Muitos brasileiros acreditam no Real digital como uma tecnologia promissora de curto prazo, não para daqui a cinco anos. Pelo menos isso é o...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias