Capcom lança token do Street Fighter

Colecionáveis do famoso game estão a venda para os fãs, só até esta sexta.

Street Fighter se torna tokens colecionáveis
Street Fighter se torna tokens colecionáveis

A Capcom, produtora do lendário Street Fighter, lançou um token para os fãs do game. Completando 30 anos de seu lançamento, o Street Fighter II é um dos primeiros a marcar a história nos jogos de luta pelo mundo.

Quem é fã de games certamente já ouviu falar em Ryu e Ken, dois dos personagens mais famosos da franquia. Quem é fã tem até esta sexta-feira (19) para comprar as cartas colecionáveis do game, vendidas em blockchain.

Unindo forças com a WAX, a Capcom lançou as cartas colecionáveis do famoso game. Após o fim das vendas, os tokens poderão ser comercializados através dos mercados secundários, entre usuários.

“Compre, venda e colete NFTs baseados em $WAXP, combine-os para criar cartas mais raras com um recurso de criação totalmente novo e muito mais!”, afirmou o anúncio de lançamento da iniciativa

Os chamados NFTs criam itens digitais raros, que podem até se valorizar com o tempo. A sensação do mercado de criptomoedas, inclusive, é considerada parte do mercado de DeFi e tem ajudado artistas a ganharem criptomoedas como pagamento por seus trabalhos.

A nostalgia com o lançamento dos tokens do Street Fighter é alta, uma vez que o primeiro jogo da franquia foi lançado em 1987. Atualmente, a quinta versão do popular game está a venda pela Capcom, com batalhas cada vez mais sofisticadas dos famosos personagens.

O jogo é considerado por fãs um dos maiores jogos de luta de todos os tempos, agora, com tokens eternalizados na blockchain.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias