Carteira de Bitcoin Ledger alerta contra phishing no Youtube

Usuários devem tomar cuidado!

Siga no
Hardware Wallet - Ledger Nano S
Hardware Wallet Ledger Nano S. Imagem: ledger.com

De fato que as criptomoedas são ativos digitais visados por pessoas com má intenção. Recentemente, a Ledger, carteira de Bitcoin e outras criptomoedas, emitiu um alerta contra a prática de phishing que está sendo feita pode algumas pessoas no YouTube.

Guardar com segurança as criptomoedas é um assunto muito sério para quem se envolve com este mercado. A frase de um entusiasta do Bitcoin, Andreas Antonopoulos, ilustra bem esse ponto: “não é sua chave, não é suas moedas“. A fala teria virado até uma música, feita por um brasileiro.

O segmento de hardware wallets tem sido popular nos últimos anos, como várias empresas criando soluções. Dentre as principais, a Ledger e a Trezor estão entre as mais conhecidas e seguras.

Famosa carteira de Bitcoin, Ledger alerta usuários contra phishing promovido no YouTube

Os usuários de criptomoedas certamente já são gatos escaldados quando se fala em golpes pela web. Mas iniciantes no assunto ficam sujeitos a problemas, que podem ser muito sérios.

Isso porque, quando se pesquisa sobre guardar Bitcoin com segurança, uma das conclusões poderá ser a compra de uma hardware wallet. Este tema poderia fazer com que usuários cheguem nas principais marcas do mercado, Ledger e Trezor.

A fama traz alguns problemas para os usuários mais desatentos, que poderiam receber instruções de uso perigosas. O alerta, feito pela própria Ledger na última segunda (27), mostra este caso.

De acordo com a Ledger, contas hackeadas no Youtube estariam atacando com phishing usuários dessa carteira de Bitcoin. As contas que foram detectadas pela empresa já foram denunciadas até aqui.

O golpe consistia em pedir as seeds para os usuários da Ledger, prometendo lucros para os usuários. A seed é um conjunto de 24 palavras, que dá acesso aos fundos da carteira. Ou seja, os golpistas pediam as criptomoedas dos usuários, contudo, de forma “gentil”.

Golpes de phishing são comuns no mercado, nunca confie, verifique!

Este é um belo caso para reforçar as ameaças da era digital, que não afetam apenas usuários de criptomoedas. Os ataques de phishing são antigos, sendo uma modalidade de ataque hacker que quer pescar informações das vítimas.

Em posse de informações, um hacker poderá conseguir obter lucros, sendo este possível de várias maneiras. Sites falsos de corretoras de criptomoedas também são comumente criados pela web, uma maneira de tentar conseguir obter o acesso dos usuários.

Ou seja, a nova ameaça que a Ledger desmascara é antiga, cabendo aos usuários tomarem os devidos cuidados para que isso não os atinja. Ao se deparar com o Bitcoin como moeda, a responsabilidade em realizar a custódia deste cabe aos próprios usuários.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias