CEO de corretora de criptomoedas com saques bloqueados tenta fugir do país, mas é impedido pela polícia

Por ser israelense e por ter servido o exército do país, caso o CEO consiga viajar para Israel, ele não poderá ser deportado, o que quer dizer que ele não será julgado pelos crimes cometidos nos EUA.

Além da preocupação com a recente queda da das criptomoedas, os investidores também precisa se preocupar com outros riscos do setor, incluindo a possibilidade de perder dinheiro nas empresas que estão falindo. Uma dessas empresas é a Celsius, mas a situação ainda está piorando com o CEO da corretora sendo acusado de tentar fugir em meio ao processo de falência.

O fundador e CEO da Celsius Network, Alex Mashinsky está supostamente tentando conseguir uma forma de sair dos EUA em meio ao processo de falência da Celsius, que também está ligada com um problema de insolvência da corretora e acusações de diferentes investidores de um golpe de saída.

A cerca de duas semanas atrás, a corretora e companhia de empréstimos de criptomoedas pausou todos os saques, negociações e transferências, citando “condições extremas de mercado”, dando como principal desculpa a volatilidade das criptomoedas como um dos motivos para a pausa dos saques.

No entanto, depois disso, a empresa contratou advogados de reestruturação e contatou as autoridades para ajudar a resolver seus problemas financeiros. A Celsius também anunciou que pausou todas as suas formas de engajamento social para dar mais foco à sua situação.

Não só isso, mas pouco antes do congelamento dos saques, alguns usuários estavam alertando sobre sinais de que isso poderia acontecer, mas o CEO da Celsius afirmou que tudo estava bem e que não havia risco dos saques serem bloqueados.

“A Celsius congelou saques duas semanas atrás, apenas alguns dias depois de Alex Mashinsky mentir para clientes sobre a segurança dos fundos.

Mashinsky agora está em silêncio e não há nenhum sinal de que o fundo dos clientes serão liberados tão cedo. Está na nas mãos dos advogados agora, para melhor ou pior.”

Autoridades impedem viagem de CEO

Depois dessa controvérsia o caso ganhou uma nova reviravolta, Alex Mashinsky foi impedido por autoridades ao tentar deixar os EUA em uma viagem para Israel através do Aeroporto de Morristown.

“Alex Mashinsky tentou sair do país essa semana através do Aeroporto Morristown, mas foi barrado pelas autoridades. Até o momento não sabemos se ele foi simplesmente impedido de sair ou se está preso.”

Por ser israelense e por ter servido o exército do país, caso o CEO consiga viajar para Israel, ele não poderá ser deportado, o que quer dizer que ele não será julgado pelos crimes cometidos nos EUA.

A Celsius começou a atrair grande preocupação dos investidores em meados de maio, quando seus rendimentos começaram a diminuir e desde então muitos vêm especulando sobre a possibilidade de insolvência, algo que sempre foi desmentido pela corretora e pelo CEO, no entanto, a história mostrou quem estava certo com um prejuízo milionário para quem confia na corretora.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias