China controla 66% da mineração de Bitcoin, afirma pesquisa

Uma única província na China controla mais da metade da mineração do Bitcoin no mundo

Siga no
China e Bitcoin
China Bitcoin

Cerca de 66% do poder computacional da rede do Bitcoin está concentrado na China, graças à presença de grandes produtores de equipamentos de mineração no país e de baixos preços na eletricidade.

Segundo a Reuters, dois terços da hashrate do Bitcoin estão concentrados na China, onde estão sediadas empresas – como a Bitmain, MicroBT, e Canaan, que listou as suas ações na Nasdaq este ano – que produzem hardware usado para minerar bitcoin.

A notícia da Reuters cita como fonte dados da gestora de ativos digitais CoinShares que revelam que o hashrate concentrado no país subiu a 60% desde Junho. O chefe de pesquisa da empresa, Chris Bendiksen, afirmou que o aumento pode estar relacionado com as empresas citadas.

Bendiksen disse:

“Isso é positivo para a indústria de mineração chinesa. Se você é o primeiro a aumentar sua proporção de hashrate e pode fazer isso antes de seus concorrentes, isso é bom.”

O hashrate na rede do Bitcoin tem aumentado exponencialmente este ano, indo de cerca de 34 milhões de TH/s para cerca de 98 de TH/s milhões no seu pico, um aumento de mais de 150%. Alguns analistas acreditam que este aumento está relacionado com o halving que ocorrerá no ano que vem, que vai reduzir as recompensas por bloco de 12.5 BTC para 6.25 BTC.

Esta redução, dizem, relembra os investidores da escassez da criptomoeda e por norma leva a aumentos fortes no seu valor. Os mineradores podem estar tentando obter a maior quantidade possível de Bitcoins antes que a sua inflação seja reduzida para metade.

Uma única província na China controla mais da metade da mineração do Bitcoin

A CoinShares afirma também que o aumento está relacionado com o lançamento de equipamentos de mineração mais poderosas. As áreas com maior concentração de hashrate são as províncias de Yunna, Xinjiang, Mongólia interior e Sichuan. Esta última controla metade da hashrate global.

Existem outros centros de mineração de criptomoedas espalhados pelo mundo, incluindo alguns na Rússia, Gronelândia, Cazaquistão, e Estados Unidos. A Bitmain, por exemplo, lançou recentemente uma fazenda de mineração no Texas.

Como tínhamos visto no Livecoins, dados recentes mostram que a receita total da mineração de Bitcoin já é superior a US $ 14 bilhões, equivalentes a cerca de R$ 58 bilhões. A maior parte destes rendimentos acumulou-se ao longo dos últimos três anos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Francisco Memoria
Francisco juntou-se à comunidade crypto em 2016, altura em que começou a escrever para várias publicações na área, incluindo Bitcoin.com, CCN, e The Merkle, entre outras. Apoia o libertarismo, e é grande fã e tecnologia.
FMI

FMI pede que El Salvador deixe de usar bitcoin como moeda legal

O Fundo Monetário Internacional (FMI), "pediu" que El Salvador "mude de rumo" e pare de usar o Bitcoin como moeda legal, citando "grandes riscos"...
Homem mergulhando feliz após encontrar Bitcoin perdido

Se as pessoas achassem Bitcoin esquecidos ficariam felizes, diz jornalista da CNN Brasil

O Banco Central do Brasil lançou um sistema para encontrar valores esquecidos, mas para uma jornalista da CNN, se fosse com Bitcoin, as pessoas...
Donald Trump

Filho de Trump vai processar criadores da criptomoeda TrumpCoin

Embora a criptomoeda TrumpCoin (TRUMP) exista desde 2016, foi apenas agora, seis anos depois, que a família do ex-presidente dos EUA descobriu que uma...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias