Presidente do Banco Central Europeu diz que filho perdeu ‘quase tudo’ com criptomoedas

Largarde não menciona em quais criptomoedas seu filho investiu. Desde agosto de 2011, o Bitcoin valorizou 624.990% contra o euro, mas está em queda de 42% em relação ao seu topo histórico de novembro de 2021. No ano, a alta é de 125%.

Participando de um evento em Frankfurt, na Alemanha, Christine Lagarde respondeu perguntas de cerca de 200 jovens nesta sexta-feira (24). Como destaque, a presidente do Banco Central Europeu (BCE) falou sobre os investimentos de seu filho em criptomoedas, afirmando que ele perdeu dinheiro.

Questionada sobre sua opinião sobre as criptomoedas, Lagarde deu risada em um primeiro momento, mas fica séria ao falar sobre o assunto. Grande crítica do setor, a presidente do Banco Central Europeu voltou a citar os recentes fiascos da indústria.

“O que vimos nos últimos 9 meses com a Terra (LUNA), com a FTX e agora com a Binance, acredito que isso prova o ponto de que as criptomoedas são um ativo altamente especulativo que as pessoas podem querer investir se estiverem preparadas para perder tudo, mas também podem ser usadas como um dispositivo muito maligno”, iniciou Lagarde, citando o uso das criptomoedas por criminosos.

“Como você pode perceber, eu tenho uma opinião muito negativa sobre criptomoedas.”

Continuando, a presidente do BCE afirma estar preocupada com o nível do viés e do ódio associado à comunidade de criptomoedas. “As pessoas são livres para investir seu dinheiro onde quiserem”, continuou Lagarde, notando que, no entanto, elas não deveriam ser livres para se envolver com negócios sancionados.

“Elas não deveriam insultar aqueles que argumentam isso”, disse a presidente do BCE, parecendo já estar acostumada com o que vê sobre si nas redes sociais.

“Estou olhando para meu diretor de comunicação. Ele sabe que nas próximas 3 horas serei bombardeada de tuítes nojentos e horríveis, mas ainda acredito no que acabei de dizer sobre as criptomoedas.”

Após ser aplaudida, Lagarde pediu para o público investigar as razões pelas quais a Binance fechou um acordo bilionário com o Departamento de Justiça americano. Na última terça-feira (21), o fundador da Binance abandonou seu cargo de CEO após tanto ele quanto sua empresa se declararem culpados de diversos crimes federais.

Christine Lagarde afirma que seu filho perdeu dinheiro com criptomoedas

Apesar de ser uma das maiores críticas das criptomoedas do mundo, em maio de 2022 Christine Lagarde revelou que um de seus filhos investia em criptomoedas.

Ainda que o número de investidores de criptomoedas seja crescente, principalmente entre millennials, Lagarde é presidente do Banco Central Europeu há 4 anos e, antes disso, foi diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI) por outros 8 anos.

A situação incomum, no entanto, não é ocultada por Lagarde. Pelo contrário, a presidente do BCE está usando os investimentos de seu filho como um alerta para outros potenciais entusiastas do setor.

“Ele me ignorou regiamente, o que é um privilégio dele”, disse Lagarde sobre seu filho investir em criptomoedas. “E ele perdeu quase todo o dinheiro que havia investido, não era muito, mas ele perdeu cerca de 60% dele.”

“Então, quando tive outra conversa com ele sobre isso, ele aceitou relutantemente que eu estava certa.”

Largarde não menciona em quais criptomoedas seu filho investiu. Desde agosto de 2011, o Bitcoin valorizou 624.990% contra o euro, mas está em queda de 42% em relação ao seu topo histórico de novembro de 2021. No ano, a alta é de 125%.

O vídeo completo pode ser assistido na íntegra abaixo. Com duração de mais de uma hora, a presidente do BCE também falou sobre a inflação do euro, afirmando que “a batalha ainda não acabou”.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias